25.6 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 19 janeiro, 2022
Publicidade
InícioMUNDOCidade de SP pode ter 1,2 milhão de infectados pelo coronavírus, aponta...

Cidade de SP pode ter 1,2 milhão de infectados pelo coronavírus, aponta pesquisa feita pela Prefeitura

Por Bom Dia SP e G1 SP

A cidade de São Paulo pode ter 1,2 milhão de infectados pelo coronavírus, número dez vezes maior do que o índice oficial, de 120 mil casos confirmados da doença, segundo pesquisa feita pela Prefeitura de São Paulo.

O número é resultado parcial do inquérito sorológico, mapeamento feito pela gestão municipal que será divulgado com mais detalhes no início da tarde desta terça-feira (23).


--Continua depois da publicidade--

A pesquisa começou no dia 10 de junho e tenta descobrir, por amostragem, quantas pessoas já foram infectadas pelo novo coronavírus na cidade.

Segundo a Prefeitura de São Paulo, foram feitas 5416 pesquisas sorológicas em 96 distritos com moradores acima dos 18 anos escolhidos por sorteio. O monitoramento será realizado a cada 15 dias com outros públicos.

O exame sorológico, também conhecido como teste rápido, avalia a presença de anticorpos específicos (IgM/igG). Portanto, identifica casos passados da doença. Ele é usado para monitorar a porcentagem da população que já teve contato com o vírus.

Alguns países o utilizam para orientar ações de reabertura da economia após quarentena, por exemplo, pois ele ajuda a verificar a existência de anticorpos contra o vírus na população.


--Continua depois da publicidade--

A utilização do teste rápido (IgM/IgG) para confirmar um caso de coronavírus não é recomendada, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). A organização afirma que esse tipo de exame sorológico é importante para pesquisa e vigilância, mas que não é indicado para detecção de casos.

Estatísticas
O estado de São Paulo superou a marca de 220 mil casos confirmados de Covid-19 nesta segunda-feira (22), com 2.788 novas confirmações em 24h. Desde o início da epidemia, 12.634 pessoas morreram por conta da doença, segundo a Secretaria Estadual da Saúde – 46 mortes a mais do que no domingo (21).

As novas confirmações não significam, necessariamente, que as mortes aconteceram de um dia para o outro, mas que foram contabilizadas no sistema neste período. Os números costumam ser menores no final de semana e às segundas-feiras devido ao atraso nas notificações nestes dias.

As cidades do interior e litoral registraram 15% mais casos novos do que a capital na última semana, segundo o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marcos Vinholi. É a primeira vez que o resto do estado supera a capital neste índice, o que indica o avanço da doença na região.

Dos 645 municípios do estado, houve pelo menos uma pessoa infectada em 604 cidades, sendo 334 com um ou mais óbitos.

Na última semana, o estado de São Paulo registrou o maior número de mortes por coronavírus desde o início da pandemia. O valor semanal de mortes e casos voltou a subir na última semana, depois de cair, pela primeira vez desde o início da pandemia, na semana anterior.

Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.

Publicidade

Redes sociais

107,353FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,122SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Reforma no estádio 
Arquibancadas metálicas do Estádio Municipal Passo das Emas são removidas para reforma
janeiro 19, 2022
COVID-19
Secretaria de Saúde confirma 126 casos nas últimas 24h em Lucas do Rio Verde
janeiro 19, 2022
HOMICÍDIO
Corpo de jovem é encontrado enterrado em mata em Lucas do Rio Verde
janeiro 19, 2022
POLÍCIA
Pai é detido por ameaçar filhas com facão em Lucas do Rio Verde
janeiro 19, 2022