22.5 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 27 maio, 2022
Publicidade
InícioMUNDOMulher que teve três filhos na prisão lamenta passado: 'por causa do...

Mulher que teve três filhos na prisão lamenta passado: ‘por causa do crack perdi a guarda das filhas’

G1

Três, dos quatro filhos de Jéssica, nasceram dentro do presídio. Ela é muito sincera ao dizer que, em 28 anos de vida, não recorda como foram os Dias das Mães dos anos anteriores. Consumida pelo crack e preocupada apenas em manter o vício, o encontro, o afeto e a presença familiar não eram uma prioridade.

Hoje, com a filha mais nova nos braços, de cinco meses, prepara o leite enquanto inicia o processo do desmame. Em um mês, o quarto filho de Jéssica ganhará liberdade e deixará o colo da mãe. É o prazo da lei.


--Continua depois da publicidade--

A cela que Jéssica divide com Maria e Fabiana fica isolada do Pavilhão principal do Centro de Reeducação Feminina Maria Júlia Maranhão, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. O local é exclusivo para mulheres grávidas e com bebês de até cinco meses.

Apesar da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), em fevereiro de 2018, de conceder prisão domiciliar a presas sem condenação que estejam gestantes ou que forem mães de filhos com até 12 anos, algumas condições não permitem o benefício. Jéssica, Maria e Fabiana são reincidentes dos crimes que cometeram, algumas por mais de duas vezes. Por isso, não tiveram o direito à prisão domiciliar.

Quando não se encaixam nos requisitos para cumprir prisão domiciliar, ficam reservadas em uma cela com a assistência necessária para a gestação e para os primeiros meses de vida do filho.

Jéssica foi presa por roubo e furto sem saber que estava grávida. Quando chegou ao presídio, passou pelos exames necessários e a gravidez foi revelada. As outras duas filhas estão em um abrigo. Perdeu as guardas para o crack. O quarto filho mora com a mãe dela. Mas Jéssica não recebe visitas de nenhum e é assim que prefere.


--Continua depois da publicidade--

A rotina, por mais romântico que isso possa parecer, é melhor do que a da rua. Após cometer um crime, cumpre-se a pena. Estar presa já é a sua consequência. Manter-se nesse ambiente com dignidade é, por sua vez, um direito. A bebê acorda duas ou três vezes pela madrugada. Mas tem comida, fralda, roupas novas e um ambiente confortável para viver. Cercado de grades, é verdade, mas já possui mais conforto do que a liberdade poderia lhe proporcionar lá fora.

Jéssica é da cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa. A casa onde morava cabia apenas uma cama, uma cômoda, geladeira e fogão. Na cela onde mora há berços, camas, ursinhos, poltronas para amamentação, ambiente lúdico, tapetes, cortinas, enfeites para o quarto e uma grade colocando tudo isso dentro de três cômodos.

“Meus filhos nunca tiveram um quarto. Preferia ter filho aqui do que na rua, não vou mentir. Aqui fiz todos os exames, ultrassom e temos todas as assistências, desde psicológica a médica. A que tive na rua só fiz um exame. Meu dinheiro era só para droga. Vendi tudo em casa. Sou prova viva do crack. Vendi botijão, vendi panela para o ferro velho. Quando eu ia fumar, passava meses acordada fumando, não comia. Por causa do crack perdi a guarda das minhas duas filhas”, declara Jéssica.

 

Neste Dia das Mães, a saudade maior é das filhas e da mãe. Queria apenas cinco minutos com elas para esquentar o coração. Mas mesmo assim, prefere que não passem o domingo no presídio. “Mas não quero mais praticar crime, vou lutar para tirar minhas filhas do abrigo”, ressalta.

Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

BOAS VINDAS
Juiz e delegados são recebidos em sessão especial pela OAB de Lucas do Rio Verde
maio 27, 2022
LEI MARIA DA PENHA
Núcleo de atendimento a vítimas de violência leva palestra a estudantes de Lucas do Rio Verde
maio 27, 2022
POLÍCIA
Homem é preso em flagrante após ameaçar a esposa em Lucas do Rio Verde
maio 27, 2022
Lucas do Rio Verde
Secretaria de Esporte e Lazer abre inscrições para 2ª etapa do Desafio MTB
maio 26, 2022