29.4 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 18 agosto, 2022
Publicidade
InícioMUNDOMinistério da Justiça entrega primeira base fluvial do Programa Vigia

Ministério da Justiça entrega primeira base fluvial do Programa Vigia

Base Arpão atuará em conjunto com torres de comunicação no combate ao tráfico e ao contrabando na região
Texto por CenarioMT

A primeira base do tipo fluvial, a Base Arpão (AM), da Amazônia Legal foi entregue nesta terça-feira (4) pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. Com investimento de R$ 17 milhões, a medida integra as ações do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas – Programa Vigia. Foi entregue, também, a primeira torre de comunicação com rádios móveis e portáteis.

A embarcação fica atracada no Rio Solimões, entre os municípios amazonenses de Coari e Tefé. Esta região é uma das principais rotas de escoamento de drogas, como cocaína e skank, produzidas em países vizinhos. A base comporta cerca de 60 agentes de segurança pública. Também estão disponibilizadas cinco embarcações blindadas e duas lanchas para dar apoio.


--Continua depois da publicidade--

“Essa altura do médio Solimões é considerada um corredor de entorpecentes. Como o crime deságua nessa região e segue para grandes centros urbanos, os agentes de segurança irão fiscalizar embarcações e desencadear ações de combate ao crime organizado”, informa o coordenador-geral de Fronteiras da Secretaria de Operações Integradas (Seopi/MJSP), Eduardo Bettini.

Torres de comunicação

Em parceria com o Exército Brasileiro, foi instalada, também, a primeira torre de comunicação com rádios móveis e portáteis em Iranduba. Outros seis equipamentos desse porte também estão sendo instalados nas cidades de Tabatinga, Benjamin Constant, Tefé, Coari, Santo Antônio de Içá e Parintins. O sistema proporcionará a comunicação e interoperabilidade de excelência entre diversos agentes de segurança pública que atuam na região.

Além do investimento de R$13 milhões, a Seopi/MJSP empregou outros R$4,5 milhões para manutenção do sistema e custeio na aquisição de binóculos termais, óculos de visão noturna, equipamentos de comunicação, comando e controle, bem como sistema de rádio georreferenciado.

Vigia

Desde abril de 2019, o Vigia atua com o objetivo de blindar a entrada no Brasil de armas, drogas e produtos contrabandeados pelos cerca de 16 mil quilômetros de fronteira. O programa conta com operações em andamento nos estados do Paraná, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, Acre, Amazonas, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, além das divisas do Tocantins e Goiás.


--Continua depois da publicidade--

Há nove meses, desde que chegou ao Amazonas, a atuação permanente do Vigia contribuiu para o prejuízo de R$ 143 milhões ao crime organizado, sendo R$ 4 milhões relacionados ao crime ambiental. O programa contabiliza, também, a apreensão de 8 toneladas de drogas, 474 armas, 49 embarcações e 123 veículos.

Com informações do Ministério da Justiça e Segurança Pública

© CenárioMT
© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal! Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em Mato Grosso.

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

CINEMA NA PRAÇA
Filme produzido em Lucas e que aborda violência doméstica será exibido hoje no Seiti Fujii
agosto 18, 2022
REFORÇADO
Luverdense segue anunciando reforços visando disputa da Copa FMF
agosto 18, 2022
Lucas do Rio Verde
Cras promove Balcão de Empregos em parceria com o Sine em Lucas do Rio Verde
agosto 17, 2022
Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde: Proposta de inovação é apresentada a prefeito e equipe de secretários durante reunião
agosto 17, 2022