24.5 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 24 julho, 2021
InícioMUNDOMato Grosso do SulMato Grosso do Sul: Realizando sonhos, Agehab garante que mais 06 famílias...

Mato Grosso do Sul: Realizando sonhos, Agehab garante que mais 06 famílias do Bom Retiro tenham um cantinho mais digno

Por Redação CenárioMT

Desde 2018, 136 famílias estão construindo a própria casa com apoio do Estado

“Agora é só alegria! Foram muitos anos de luta para a conquista do nosso cantinho, e graça a Deus esse momento se realizou”. As palavras ditas a pouco expressam o sentimento da dona de casa e mãe de três crianças, Rafaela de Souza Barbosa, e de mais cinco famílias, que receberam no último dia 30 de junho as chaves das novas moradias no bairro Bom Retiro. Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab), e Prefeitura Municipal de Campo Grande, continuam construindo mais sonhos a quem tanto precisa.


--Continua depois da publicidade--

As famílias que antes viviam em situação de precariedade na comunidade Cidade de Deus, vivem no Bom Retiro a concretização dos próprios sonhos através dos investimentos feitos pelos poderes Estadual e Municipal, e também do próprio trabalho que gera qualidade de vida para todos os moradores da casa.

Durante o período de um ano, os moradores passaram por capacitação oferecida pela Fundação Social do Trabalho (Funsat), para poderem construir a própria moradia. No mesmo período, cada participante recebeu um salário mínimo e cesta básica da Prefeitura.

Além das seis famílias que começam a morar na nova casa, outras 113 famílias já receberam as chaves de suas moradias entre 2019 e 2020. Agora o Programa de Substituição de Moradia Precária realizado no bairro pretende finalizar no segundo semestre deste ano outras 17 unidades, cumprindo com o contrato assinado há quatro anos atrás.

Maria Beatriz recebe o prefeito Marquinho Trad e Ubiratan Rebouças em seu novo lar–>


--Continua depois da publicidade--

Rafaela de Souza Barbosa lembrou em entrevista as dificuldades que a família dela e os outros moradores passavam na Cidade de Deus. “Quando morávamos na favela nós enfrentávamos as tempestades e o frio. E eu e meu marido sempre fazendo o máximo para proteger nossos filhos, tentando aquecê-los da melhor forma. Esse momento aqui agora traz aconchego e realização”, disse ela muito agradecida.

“Dentro da missão da Agehab está dar à dignidade a essas famílias mais carentes, dando condições para as mesmas realizarem o sonho da casa própria, logo este é um dos objetivos da existência da autarquia neste Estado”, falou Ubiratan Rebouças, coordenador especial de planejamento, que representou a diretora-presidente Maria do Carmo Avesani Lopez.

Sala do imóvel–>

Cada casa tem 46,07 m² de área construída; com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

O Estado investiu um total de R$ 1.276.430,00, valor utilizado para a compra dos materiais de construção. Já a contrapartida do município é de mais de R$ 70.000,00.

Fachada da casa–>

Também participaram da entrega das chaves, o prefeito da capital Marquinhos Trad e a diretora-presidente da Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários (Amhasf), Maria Helena Bughi. O ato respeitou os protocolos de biossegurança para combater a pandemia de Covid-19.

Davi Nunes Souza, Agehab


--Continua depois da publicidade--
- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde: desrespeito às interdições pode comprometer qualidade de asfalto
julho 24, 2021
Mato Grosso
Construção da ferrovia que vai ligar Rondonópolis a Cuiabá e Rondonópolis a Nova Mutum e Lucas do Rio Verde é destaque nacional
julho 24, 2021