32.6 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 16 junho, 2021
InícioMUNDOMais de 60 crianças e adolescentes são resgatados

Mais de 60 crianças e adolescentes são resgatados

Operações policiais de combate à exploração sexual infanto-juvenil são promovidas em todo o país
Por CenarioMT

As Operações Oneesca IV e Parador 27, que integram o Projeto Mapear 2021, já resgataram 67 crianças e adolescentes vítimas de exploração sexual e prenderam 124 pessoas em todo o país. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (28). As operações são promovidas pelas polícias Rodoviária Federal (PRF) e militares e contam com a parceria dos ministérios da Justiça e Segurança Pública; e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

“O combate à exploração sexual de crianças e adolescentes vai ser uma das nossas principais metas aqui, uma das nossas principais diretrizes, através da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Federal, das Polícias Militares e Civis dos estados em operações integradas coordenadas pela SEOPI [Secretaria de Operações Integradas]”, afirmou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, que participou da cerimônia de divulgação dos dados das duas operações.


--Continua depois da publicidade--

Operação Oneesca IV

A Operação Oneesca IV, promovida pela Polícia Rodoviária Federal, nas rodovias federais prendeu 42 pessoas e resgatou 31 menores. No total, 1.109 locais foram fiscalizados por 1.306 policiais.

Operação Parador 27

Já a Operação Parador 27, das Polícias Militares dos estados e do Distrito Federal, resgatou 36 crianças e adolescentes e prendeu 82 pessoas. No total, 1.508 locais que se encontram às margens de rodovias federais e estaduais, como bares e casas de shows, foram fiscalizados no país por mais de 4 mil policiais. A ação também apreendeu 8 armas de fogo e 2.438 quilos de drogas.

“Os números mostram que o Brasil continua enfrentando esse problema, um problema grave, um problema triste, mas um problema que realmente precisa ser enfrentado com muito rigor e com muita força do Estado Brasileiro para que a gente possa conseguir minimizar, não deixar mais que esse crime aconteça e acabe com a vida dessas crianças”, acrescentou o ministro da Justiça.

Intensificação

Segundo ele, a partir de agora, serão feitas diversas operações para combater esse tipo de crime no país. “As crianças muitas vezes não têm como gritar, não têm como pedir socorro. E sofrem toda essa violência, toda essa agressão, caladas, o que traumatiza, o que mutila essas crianças pelo resto de suas vidas. Então, essa é uma prioridade zero aqui do nosso trabalho; e nós vamos em frente”, frisou.


--Continua depois da publicidade--

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, também presente à cerimônia, ressaltou a importância dessa parceria para o país enfrentar de vez esse problema.

“O combate à violência sexual contra a criança não é uma questão ideológica, não é uma questão de valores. É uma questão de segurança pública. Se eu quero proteger a nação, eu tenho que proteger as crianças”, ressaltou a ministra, ao lembrar que o crime sexual contra crianças e adolescentes ocorrem em casa, na internet e na rua.

Canais de denúncias

As denúncias de crimes sexuais contra as crianças e os adolescentes podem ser feitas por meio do Disque 100, do Ligue 180 e do Disque 191 (da PRF). As ligações são gratuitas e podem ser anônimas. Qualquer pessoa pode acionar o serviço, que funciona diariamente, 24 horas.


Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Gosta de economia, assistir séries, filmes de ação e gosta de videogames. Editor no CenárioMT nos cadernos de Economia e Mundo, mas nem por isso deixa uma notícia regional em branco, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

INVESTIGAÇÃO
Jovem pode ter sido executado por facção criminosa em Lucas do Rio Verde
junho 16, 2021
DADOS ATUALIZADOS
Lucas do Rio Verde registra 72 novos casos positivos de Covid-19 em 24 horas
junho 16, 2021