27.5 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 01 dezembro, 2021
InícioMUNDOInternet mais segura: campanha orienta pais sobre navegação segura

Internet mais segura: campanha orienta pais sobre navegação segura

A ideia é reforçar o diálogo entre pais e filhos e evitar os perigos que a internet pode trazer para dentro de casa
Por CenarioMT

Proteger crianças e adolescentes contra crimes na internet tem sido uma das prioridades do Governo Federal. Com esse objetivo, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos divulgou dicas sobre o uso compartilhado das redes sociais, como o Facebook e o Twitter.

De acordo com a Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos, foram registradas, em 14 anos, mais de 1,6 milhão de denúncias anônimas de pornografia infantil no universo digital. Casos de pedofilia e aliciamento de menores são outro problema associado aos perigos do mau uso da tecnologia e que tem desafiado as autoridades. As informações são do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, que reforça a importância do diálogo constante entre pais e filhos sobre o uso e as regras da tecnologia das redes sociais.


--Continua depois da publicidade--

Para saber mais, você pode conferir no Portal para Mães e Pais, disponibilizado pelo Facebook.

Confira algumas das dicas divulgadas pelo ministério:

– O Facebook tem um link de segurança, uma espécie de central de ajuda, com ferramentas e ações específicas para mães, pais e jovens.

– Para ser usuário do Facebook, é preciso ter, no mínimo, 13 anos.


--Continua depois da publicidade--

– Outra recomendação reforçada pelo ministério é usar senhas fortes; e denunciar conteúdos impróprios nas redes sociais que integram a lista de publicações.

– Outra dica voltada para crianças e adolescentes é: Não divulgar detalhes pessoais, como idade, endereço e escola. E lembre-se de que você não sabe quem pode estar por trás da outra conta.

– O Twitter também oferece ferramentas, controles e mecanismos para fazer denúncias. E disponibiliza a cartilha “Ensinar e aprender com o Twitter”.

– E atenção: Podem ser denunciados casos, na internet, de terrorismo, exploração sexual de crianças e adolescentes, violência, assédio, propagação de ódio, falsa identidade, suicídio, automutilação e nudez não consensual, entre outras práticas ilegais.

– Para alertar os menores sobre os perigos nas redes sociais, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos também disponibiliza a cartilha “Proteção de crianças e adolescentes na internet – recomendações para pais e responsáveis”. É um guia de proteção que aborda ferramentas de controle de acessos, riscos e perigos do uso inseguro da internet.

Campanha

Também para conscientizar famílias sobre os riscos de exposição de crianças e adolescentes na internet, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos lançou, recentemente, a campanha “Navegar Numa Boa”, que está sendo veiculada na TV, rádio e internet.

A iniciativa foca na prevenção de abusos e outras práticas nocivas ou criminosas no meio virtual. Também incentiva crianças e adolescentes a cuidarem da privacidade e intimidade.

“A campanha Navegar Numa Boa visa a uma ampla conscientização dos pais sobre o conteúdo que chega a seus filhos através da internet, como, por exemplo, a pornografia, a pedofilia, a automutilação, o suicídio. Muitas vezes, absolutamente desconhecido pelos pais”, explica a secretária nacional da Família, Angela Gandra.


--Continua depois da publicidade--

Segundo Angela Gandra, o principal público da campanha são os pais. “Mas as crianças também serão beneficiadas. Por isso, o material é bastante leve e acessível”, finaliza.

Canais de denúncia

Outro foco da campanha é a divulgação dos canais de denúncia existentes, como o Disque 100, o Ligue 180, o site da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, e também o número de WhatsApp da Ouvidoria (61) 99656-5008.

© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!

Redes sociais

107,358FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,093SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Novembro Azul foi marcado por ações de conscientização e prevenção em Lucas do Rio Verde
dezembro 01, 2021
Lucas do Rio Verde
Natal da Esperança começa neste sábado, dia 04 de dezembro em Lucas do Rio Verde
dezembro 01, 2021
Lucas do Rio Verde
Inscrições para o concurso de decoração natalina seguem até dia 04
dezembro 01, 2021
Lucas do Rio Verde
Prefeitura de Lucas do Rio Verde entrega nova farda para Guarda Municipal
dezembro 01, 2021