20.7 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 10 abril, 2021
InícioMUNDOHomem relata choque ao saber que ficou 3 meses em coma com...

Homem relata choque ao saber que ficou 3 meses em coma com Covid e sonho com ‘estrada da morte’

Por G1

Um morador de Sorocaba (SP) conseguiu sobreviver à batalha intensa contra a Covid-19, que o deixou em coma por três meses e internado por 114 dias. Quando acordou, sua única memória era de uma “estrada da morte” e do que ele acredita ter sido o seu anjo da guarda.

Sandro Luis Ciqueira Pinheiro, de 47 anos, ficou internado no Hospital Evangélico. Ele recebeu o diagnóstico de Covid-19 em meados de novembro de 2020. Dez dias depois, foi intubado e só viria a acordar no dia 5 de março de 2021.


--Continua depois da publicidade--

O morador conta que, quando chegou ao hospital, seu único pedido era de que não fosse intubado. “Há três meses, perdi um ‘primo-irmão’ para a doença. Ele morreu em cinco dias”, explica Sandro, que foi levado direto para a UTI.

Ele acordou três meses depois, mas diz que levou três dias para entender o que havia acontecido. Sandro reconheceu a esposa, embora não soubesse onde estava. Perguntou o que havia acontecido e recebeu a explicação de que havia ficado em coma por 90 dias.

“Eu não acreditei. Essa foi a parte que me fez sofrer muito”, diz.

 

Durante todo o momento em que Sandro permaneceu intubado, sua esposa foi preparada para o pior. “Eles diziam que meu coração não aguentaria tanta droga e que ela deveria se preparar”, relata.


--Continua depois da publicidade--

O sonho

 

Sandro conta que, quando acordou, não se lembrava de muita coisa. A única memória era a de um sonho tido momentos antes de despertar. Ele estava rastejando em uma estrada pedindo por água e, à frente, havia um menino de roupa branca. Sandro interpretou o sonho como uma mensagem.

“Eu estava na ‘estrada da morte’ e este menino era meu anjo da guarda”, diz.

 

Ele recebeu alta no último dia 11 de março. Em um vídeo gravado pela família, o paciente é aplaudido pelas pessoas por conta da vitória na batalha. Os parentes também agradecem à equipe que cuidou dele durante todos os meses de internação.

Sequelas

 

Pelo tempo que ficou internado, houve uma grande perda de massa muscular. Sandro emagreceu 25 quilos e teve a perda temporária do movimento das pernas. Ele também teve uma grande ferida nas nádegas e passou por uma cirurgia plástica, no início do mês, para fechá-la.

Agora, passa por fisioterapia três vezes na semana e conta com o apoio de um médico que vai até sua casa para ajudá-lo no banho.

Segundo o sobrevivente, o movimento das pernas já está voltando com as sessões de terapia. Dando um passo de cada vez, ele já consegue se sentar na cama sem a ajuda de ninguém.

“Vou andar, se Deus quiser. Os movimentos já estão voltando. Agora preciso ganhar massa muscular”, completa.

A mulher, um dos filhos e a mãe de Sandro também contraíram o vírus. Hoje, todos estão bem e retornam, aos poucos, à vida pré-Covid.


Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

POLÍCIA
PM recupera produtos furtados e dois são conduzidos em Lucas do Rio Verde
abril 09, 2021
SAÚDE
Com registro de 02 novos óbitos Lucas do Rio Verde chega a 108 mortes por Covid-19
abril 09, 2021