Homem ataca e chama delegado de ‘macaco, viado’ no MC Donald’s

0

Em nota divulgada na noite desta sexta-feira (7/8), o delegado da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) Ricardo Viana afirma ter sido chamado de “macaco” por um morador do Lago Sul acusado de proferir ataques racistas ao policial civil.

O caso aconteceu em unidade do Mc Donald’s da QI 23 do Lago Sul. Viana estava na companhia da filha de 15 anos, quando o agressor o empurrou e passou a ofendê-lo, sem motivo.

“Falou que iria me pegar, me chamou de macaco e viado. Arremessou um pé de sua chinela em minha direção”, narra.

Os ataques foram presenciados por populares. Após receber voz de prisão do delegado, o criminoso tentou fugir, mas foi preso em sequência pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF).

Em revista ao carro do homem, foram encontradas porções de maconha. O criminoso foi detido em flagrante e a ocorrência registrada na 1ª Delegacia de Polícia.

Viana afirma que o preso tem histórico de proferir ataques racistas. “Até o momento, não entendi porque tanto ódio em uma só pessoa, o pior é saber que este tem histórico de violência e já praticou fatos semelhantes com outros negros”, finalizou.

Leia também: Resultado das loterias de hoje (21/09/2020)


Amazonia 03 de Junho