21.3 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 14 agosto, 2022
Publicidade
InícioMUNDOFNDE completa 50 anos e cria cartão de compra da merenda escolar

FNDE completa 50 anos e cria cartão de compra da merenda escolar

Texto por Paulo Victor Chagas – Repórter da Agência Brasil

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) entregou hoje (22) os primeiros cartões que as escolas públicas vão utilizar na aquisição de alimentos para a merenda escolar. O projeto-piloto vai começar ainda este mês em instituições de São Paulo e da Bahia. O anúncio foi feito na tarde de hoje no Palácio do Planalto, em solenidade de comemoração aos 50 anos do FNDE, ligado ao Ministério da Educação.

Presente no evento, o presidente Michel Temer disse que a medida fará com que o dinheiro chegue com mais agilidade aos estados e às escolas. “As secretarias de Educação terão acesso aos recursos do fundo desde já. Bahia e São Paulo poderão participar da novidade que, em breve, estará à disposição dos estados. Um dado curioso é que com o cartão que teremos, nós poderemos servir mais de 50 milhões de refeições por dia. Então livro de um lado, refeições de outro”, disse.


--Continua depois da publicidade--

A intenção do MEC é distribuir mais de 5,5 mil cartões a estados e municípios de todo o país caso o projeto-piloto seja bem-sucedido. Segundo o presidente do FNDE, Sílvio Pinheiro, o objetivo do cartão é modernizar a relação do governo federal com as gestões locais e instituições escolares.

“À medida que a gente for performando [a utilização], vamos entregando para os outros estados. Vai simplificar a prestação de contas, porque ao final [o extrato] virá como nosso cartão de crédito comum, com os fornecedores, o que simplifica bastante a nossa análise e permitirá também o controle social, porque dentro do programa de alimentação escolar há uma participação efetiva da sociedade”, informou.

O Programa Nacional de Alimentação (PNAE) utiliza atualmente movimentações financeiras por meio de transferências, saques e pagamento das entidades educacionais por meio de cheques. Para evitar fraudes, o uso dos recursos ficará limitado às compras estabelecidas pelo gestor do PNAE, segundo explicou o vice-presidente de Serviços, Infraestrutura e Operações, João Pinto Rabelo Júnior.

“Vamos começar ainda este mês [a distribuição nos dois estados]. Esse piloto vai ser de dois meses. A expectativa é de que em fevereiro, no início do ano escolar, a gente já possa apresentar para todas unidades da federação que se interessarem. [O processo] já está todo estabelecido no processo mesmo de cartão. Então não tem nenhum custo adicional para o Tesouro ou para o FNDE”, previu.


--Continua depois da publicidade--

Outra promessa com a emissão dos cartões é eliminar a emissão de folhas de cheque a partir de 2019. Este ano, cerca de R$ 4,2 bilhões já foram utilizados para a aquisição de alimentos.

Edição: Lílian Beraldo

Rebeca Moraes
Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

AGOSTO DOURADO
Campanha para coleta de potes de vidro é lançada pelo Hospital São Lucas
agosto 13, 2022
EM LUCAS DO RIO VERDE
Ação promocional da CDL alusiva ao Dia dos Pais sorteia kits churrasco
agosto 13, 2022
INVESTIGAÇÃO
Polícia Civil investiga roubo ocorrido em residência em Lucas do Rio Verde
agosto 12, 2022
COMEMORAÇÃO
Acilve realiza sorteio em ação para comemorar o Dia dos Pais
agosto 12, 2022