27.2 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 06 março, 2021
Início MUNDO Embarque de veículos com carga hospitalar é prioritário no Amazonas

Embarque de veículos com carga hospitalar é prioritário no Amazonas

Os operadores da linha de travessia de veículos entre os municípios de Manaus e Careiro da Várzea deverão realizar o transporte imediato do veículo.
Por Luciano Nascimento - Repórter da Agência Brasil - Brasília

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) publicou hoje (20) uma resolução determinando que o embarque e desembarque de veículos com carga hospitalar ou oxigênio hospitalar no estado do Amazonas será prioritário. A medida, tomada em razão da crise de falta o produto no estado, se aplica as travessias fluviais reguladas pela agência.

A resolução diz que os operadores da linha de travessia de veículos entre os municípios de Manaus e Careiro da Várzea, na diretriz da Rodovia BR-319, deverão realizar o transporte imediato do veículo com esse tipo de carga.


--Continua depois da publicidade--

Segundo o texto, a obrigação de transporte imediato se dará pela empresa que se encontrar disponível.

A resolução diz ainda que quando necessário, a Antaq emitirá autorização emergencial para o transporte de cargas e para o transporte de passageiros e cargas (misto) de material hospitalar e oxigênio para dar mais celeridade ao procedimento, na região hidrográfica amazônica.

O prazo máximo para a autorização emergencial será de 180 dias, “não gerando direitos para continuidade de prestação dos serviços.”



Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Gosta de economia, assistir séries, filmes de ação e gosta de videogames. Editor no CenárioMT nos cadernos de Economia e Mundo, mas nem por isso deixa uma notícia regional em branco, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

POLÍCIA
Jovem morre ao cair em fosso de armazém em Lucas do Rio Verde
março 06, 2021
FLEXIBILIZAÇÃO
Prefeito Miguel Vaz vê benefícios com flexibilização, mas alerta sobre cuidados preventivos
março 05, 2021