37.6 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 16 setembro, 2021
InícioMUNDOINTERNACIONALCidade de SP vacina adolescentes de 12 a 14 anos e aplica...

Cidade de SP vacina adolescentes de 12 a 14 anos e aplica dose de reforço em idosos acima de 90 anos nesta segunda

Por G1 SP

A cidade de São Paulo inicia nesta segunda-feira (6) a vacinação de adolescentes de 12 a 14 anos de idade sem comorbidades ou deficiência física permanente. O público estimado é de 360 mil adolescentes.

No caso dos adolescentes, o imunizante da Pfizer é o único liberado, até o momento, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Os jovens devem ser acompanhados pelos pais ou responsável no ato da vacinação. No caso de impossibilidade desse acompanhamento, é preciso ir com um adulto e apresentar autorização assinada por um responsável.


--Continua depois da publicidade--

Também nesta segunda começa a vacinação com a dose de reforço para idosos acima de 90 anos, grupo estimado em 52 mil pessoas. A vacinação desse grupo ocorrerá até dia 12 de setembro.

O governo do estado garantiu que a vacinação dos idosos ocorrerá com doses de lotes da CoronaVac aprovados pela Anvisa.

As doses já disponibilizadas para a continuidade da vacinação a partir desta segunda-feira (6) são de lotes aprovados pela Anvisa, segundo nota do governo de São Paulo enviada neste domingo (5). No sábado (4), a Anvisa informou que adotou medida cautelar para interditar pelo menos 25 lotes da vacina CoronaVac, proibindo a distribuição e uso de doses envasadas em uma planta – local de fabricação – não aprovada pelo órgão.

Ainda de acordo com a nota do governo paulista, o Plano Estadual de Imunização contra a Covid-19 “tem convicção da segurança e eficácia da Coronavac”.


--Continua depois da publicidade--

“Todas as vacinas distribuídas no estado de São Paulo foram validadas e aprovadas pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade de Saúde (INCQS) do Governo Federal, portanto com qualidade garantida e segurada para a utilização na população.

A Secretaria de Estado da Saúde trabalha em sintonia com o Instituto Butantan e, no decorrer da campanha, já aplicou mais de 21 milhões de doses do imunizante, não se observando intercorrências em termos gerais. Toda a rede foi orientada durante toda a campanha sobre a importância”, diz a nota.

Segundo a Prefeitura de São Paulo, os idosos devem comparecer a um dos mais de 600 postos de vacinação do município, com o comprovante de vacinação do ciclo vacinal completo (a segunda dose deve ser sido aplicada há pelo menos seis meses), documento com foto e comprovante de residência na capital.

A Prefeitura disse ainda que equipes das UBSs irão vacinar pacientes acamados em casas e instituições para idosos, assim como a população indígena aldeada na cidade de São Paulo.

Apesar de o governo de São Paulo dizer que a dose de reforço será feita com a vacina que estiver disponível no posto, a Prefeitura afirmou que vai priorizar uso da Pfizer após receber um novo lote do imunizante do Ministério da Saúde, o que deve ocorrer no dia 15 de setembro.

Xepa

Também a partir desta segunda-feira (6), os idosos com mais de 60 anos podem fazer a inscrição nas UBSs para receber as doses remanescentes, a chamada xepa. Vale para quem tomou a segunda dose há mais seis meses na capital. Para isso, é preciso apresentar o comprovante de vacinação com ciclo vacinal completo, documento com foto e comprovante de residência.

Também podem se cadastrar para doses remanescentes, para a aplicação do reforço vacinal, pessoas imunossuprimidas com mais de 18 anos que tomaram a segunda dose ou única há pelo menos 28 dias.

Documentos necessários e pré-cadastro


--Continua depois da publicidade--

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) reforça a obrigatoriedade de apresentar no ato da vacinação, documentos pessoais, preferencialmente Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). É preciso levar um comprovante de endereço da cidade de São Paulo, de forma física ou digital. No caso dos adolescentes são aceitos documentos em nome dos pais.

O preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já agiliza o tempo de atendimento nos postos. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço, telefone e data de nascimento.

A movimentação dos postos pode ser consultada no site De Olho na Fila. A plataforma também disponibiliza informações sobre os imunizantes disponíveis para a segunda dose em cada unidade.

Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.

Redes sociais

107,324FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,035SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Espaço para atendimento à mulher, criança, adolescente e idoso é inaugurado na Delegacia de Lucas do Rio Verde
setembro 16, 2021
Lucas do Rio Verde
Esporte inicia recuperação de gramado no campo do Jaime Seiti Fujii
setembro 16, 2021
SEGURANÇA PÚBLICA
Executivo consegue apoio para ampliar estrutura da Polícia Civil em Lucas do Rio Verde
setembro 16, 2021
SE DEU MAL
Em ação rápida, Guarda Municipal frustra roubo a residência de Lucas do Rio Verde
setembro 16, 2021