29.2 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 05 dezembro, 2021
InícioMUNDOBrasileiro que ajudou a levar Curiosity à Marte abre 12ª Campus Party 

Brasileiro que ajudou a levar Curiosity à Marte abre 12ª Campus Party 

Por Camila Maciel – Repórter da Agência Brasil  São Paulo

O físico mineiro Ivair Gontijo, que participa na Nasa (agência espacial americana) dos projetos que levaram o veículo Curiosity a Marte, abriu a programação da 12ª edição da Campus Party Brasil em São Paulo, no Expo Center Norte. O cientista trabalhou durante 10 anos nos radares que permitiram a descida segura do veículo no planeta. “Cada um dos eventos é crítico, tem que funcionar, se não a missão termina. E a gente está lá sentado, vendo as etapas sendo executadas”, disse.

O Curiosity, segundo Gontijo, foi a sétima missão bem-sucedida a Marte. Desde 2012, o veículo envia informações para a agência norte-americana. “Recentemente descobriram moléculas orgânicas muito complexas que aqui na Terra, em geral, estão associadas à vida, mas também tem processo completamente inorgânicos que podem formar isso. Então a gente não sabe dizer ainda. Quem sabe isso foi, num passado distante, carbono vivente nadando nesse lago que existia dentro dessa cratera”, disse.


--Continua depois da publicidade--

O brasileiro, que atua no centro de pesquisa da Nasa em La Cañada Flintridge, na Califórnia, trabalha agora na missão Mars 2020 que pretende enviar um veículo similar ao Curiosity como uma primeira etapa para coletar amostras em Marte que serão trazidas para a Terra. “Serão coletadas amostras e colocadas em tubinhos metálicos que serão deixados na superfície”, disse. Após esta missão, mais duas serão necessárias para trazer as amostras. “Se não dá para mandar tecnologia para Marte, vamos trazer para [analisar as amostras na] Terra”.

Campus Party

A Campus Party é um evento de imersão tecnológica. Durante cinco dias, os participantes estarão envolvidos com temas como Internet das Coisas, criptografia, educação e empreendedorismo, entre outros. De acordo com a organização, serão mais de mil horas de programação, com mais de 900 palestrantes e internet com velocidade de 40 GB durante 24 horas.

Na cerimônia de abertura do evento, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, destacou que este é um dos mais importantes eventos de tecnologia que ocorrem na cidade. “São Paulo encara eventos como este como estratégicos para o futuro da economia”, disse durante a cerimônia de abertura. Ele falou também sobre a troca de informações e experiências especialmente entre os jovens. Durante o evento, três maratonas de programação – hackathon – envolverão áreas de interesse da prefeitura: direitos humanos, controladoria e orçamento.

Também esteve presente na solenidade, Wilson Diniz Wellisch, diretor do Departamento de Inclusão Digital do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações . Ele destacou a ação que o órgão desenvolve nesta edição da Campus Party com a troca de resíduos eletrônicos por ingressos do evento. Ele destacou que, no Brasil, são gerados cerca de 1,5 milhão de toneladas de lixo eletrônico por ano – o país é considerado o sétimo maior produtor de resíduos do mundo. “A cada três computadores espalhados, conseguimos montar um novinho e fazemos o encaminhamento para vários projetos, que são os Pontos de Inclusão Digital”.


--Continua depois da publicidade--

Edição: Fábio Massalli

© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!

Redes sociais

107,346FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,096SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

ENSINO SUPERIOR
Candidatos participam de vestibular para ingressar na Unilasalle Lucas do Rio Verde
dezembro 05, 2021
Em Lucas!
Polícia Militar prende homem com arma de fogo
dezembro 05, 2021
Sinop
Profissionais de Sinop conhecem funcionamento de RAPS em Lucas do Rio Verde
dezembro 05, 2021
Mato Grosso
Fiscais e agentes do Indea são capacitados para combater praga que atinge lavouras em Mato Grosso
dezembro 05, 2021