22.7 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 04 dezembro, 2020
Início MUNDO Brasil reconheceu sete apátridas em 2020

Brasil reconheceu sete apátridas em 2020

Balanço mostra que desde 2017 foram 16 reconhecimentos
Por Karine Melo - Repórter da Agência Brasil - Brasília

 

Um balanço divulgado nesta segunda-feira (13) pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública revela que 16 imigrantes – nove mulheres e sete homens – foram reconhecidos  como apátridas desde a nova Lei de Migração, em vigor desde 2017. Do total , sete reconhecimentos ocorreram em 2020. Entre os 16, quatro se naturalizaram brasileiros em 2018 e 2019.

Além de autorização de residência no Brasil por prazo indeterminado, os apátridas passam a ter assegurado o exercício de todos os direitos e garantias, em condição de igualdade com brasileiros, inclusive direito ao voto.

Ao ter registrada a residência no Brasil, os apátridas têm direito à Carteira de Registro Nacional Migratório, o documento que facilita a vida civil do portador, que passa a ter condições de acesso a emprego e a serviços públicos e bancários.

Segundo o secretário nacional de Justiça, Cláudio de Castro Panoeiro, o Brasil é signatário de uma convenção internacional para erradicação da apatridia e é reconhecido como modelo por outros países. “O tratamento que o Estado brasileiro oferece a essas pessoas, dando-lhes condições de pertencimento a um território, a um país, a uma cultura, estimula histórias de recomeço, com segurança e proteção do governo”, observa.

Para cumprir essa convenção, segundo o Ministério da Justiça, a legislação brasileira oferece um trâmite de naturalização diferenciado. O processo reduz o prazo de residência exigido para obtenção da nacionalidade

.Entre os 16 apátridas reconhecidos pelo Brasil estão cidadãos da Síria (2), do Egito (2), da China, Polônia, do Kuwait, Suriname, da Alemanha, do Paraguai, da Palestina, do Líbano (4) e Japão.



© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas

Homem que agrediu enteada de um ano é preso em flagrante pela Polícia Civil em Sinop

Policiais da Delegacia Especializada da Mulher, Criança e Idoso de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá) prenderam em flagrante na tarde de quarta-feira...

Projeto de pesquisa da UFR selecionado pelo programa Papiro e classificado na 4ª Fecit, recebe prêmio nacional

O Programa Acelerador de Projetos Inovadores de Rondonópolis (PAPIRO), instituído pela atual administração municipal e coordenado pela Secretaria Municipal de Ciências e Tecnologia da Inovação, e seu Departamento...

Laço Branco exalta tratamento digno às mulheres com pedalada neste sábado

Subir na bike e empunhar a bandeira da não violência contra as mulheres e das relações afetivas harmônicas e equilibradas entre os sexos é...

Brasil tem mais de 40 mil casos de Covid por dia na média móvel

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais...
Publicidade
x