24.7 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 07 março, 2021
Início MUNDO Atual gestão investe em políticas para as mulheres mais do que os...

Atual gestão investe em políticas para as mulheres mais do que os cinco anos anteriores

Governo Federal recuperou orçamento por meio de emendas parlamentares e executou quase 100% do valor em 2019 e 2020
Por CenarioMT

No biênio (2019 e 2020), a dotação orçamentária do Governo Federal executada em relação às políticas para as mulheres foi maior do que a quantia dos últimos cinco anos. A atual gestão recuperou o orçamento da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM), do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), por meio de emendas parlamentares, fruto da articulação com o Congresso Nacional.

Em 2015, a secretaria teve um orçamento de quase R$ 250 milhões, mas apenas 49% desse valor foi executado, o que corresponde a cerca de R$ 121 milhões. No ano seguinte, o orçamento foi de R$ 111 milhões, com execução de 71%, ou seja, cerca de R$ 78,6 milhões.


--Continua depois da publicidade--

Em 2017, esse valor caiu mais ainda. Com uma dotação de quase R$ 89 milhões, a execução foi de apenas 55%, atingindo o valor aproximado de R$ 49 milhões. Em 2018, a execução subiu para 84%, mas com um orçamento de cerca de R$ 55 milhões, os investimentos em políticas para as mulheres foram de apenas R$ 46 milhões.

O índice de execução orçamentária começou a subir em 2019, no início da atual gestão. Já no primeiro ano, foram executados 96% do orçamento previsto, que era de pouco mais de R$ 60 milhões, totalizando quase R$ 58 milhões investidos nas pautas das mulheres. Em 2020, a execução foi ainda melhor, 98% de um total de mais de R$ 126 milhões, o que corresponde a quase R$ 123,4 milhões.

Investimentos

Durante esses dois primeiros anos de gestão, o Governo Federal investiu a maior parte dos recursos destinados à pauta das mulheres no Programa Mulher Segura e Protegida. De 2019 a 2020, quase R$ 80 milhões foram investidos na construção e implantação de Casas da Mulher Brasileira (CMBs). As CMBs facilitam o acesso a serviços especializados da rede de proteção à mulher, promovendo, assim, o enfrentamento à violência e a autonomia desse público.

O segundo maior investimento da pasta foi no fomento à capacitação profissional de mulheres. Entre 2019 e 2020, quase R$ 22 milhões foram destinados a essa finalidade. “A dependência financeira a que muitas ainda estão sujeitas, acaba sustentando ciclos de violência. É por isso que este ministério quer promover a independência financeira dessas mulheres, esposas e mães, para que sejam livres e tenham total autonomia em relação ao sustento e a todos os aspectos de suas vidas”, afirmou a ministra do MMFDH, Damares Alves.


--Continua depois da publicidade--

Além dessas ações, a SNPM investiu mais de R$ 5,6 milhões na aquisição de 37 viaturas, por meio de 11 convênios, com a finalidade de enfrentamento à violência contra as mulheres. Os convênios, ainda em execução, estão destinando viaturas às polícias militares e civis de 10 estados.

Com informações do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos



Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Gosta de economia, assistir séries, filmes de ação e gosta de videogames. Editor no CenárioMT nos cadernos de Economia e Mundo, mas nem por isso deixa uma notícia regional em branco, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

PREÇO ALTO!
Lucas: Mesmo com chuva, grupo se reúne para pedir preço justo em combustíveis
março 06, 2021
PISTA INTERDITADA
Motorista é encaminhado para o hospital após acidente na BR 163 em Lucas do Rio Verde
março 06, 2021