20.5 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 29 janeiro, 2022
Publicidade
InícioMUNDOAnvisa esclarece que vacinas contra covid-19 não são terapia genética

Anvisa esclarece que vacinas contra covid-19 não são terapia genética

Agência esclareceu que vacinas não são produtos de terapia gênica porque não se utilizam de cópias de genes humanos para tratamentos de doenças.
Por Jonas Valente – Repórter Agência Brasil - Brasília

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou nesta sexta-feira (7) um comunicado esclarecendo que vacinas contra a covid-19 não podem ser consideradas terapias genéticas (ou gênicas, como também são chamadas).

“As vacinas que empregam em sua tecnologia o código genético do vírus Sars-Cov-2 (vírus da covid-19) não são produtos de terapia gênica porque não se utilizam de cópias de genes humanos para tratamentos de doenças”, diz a nota da agência.


--Continua depois da publicidade--

O informe foi divulgado para desmentir informações falsas que circulam na internet. A desinformação sobre a pandemia está presente no Brasil e em outros países e já foi classificada por órgãos internacionais como a Organização Mundial de Saúde como “infodemia”.

Ainda conforme o texto, a terapia genética é um medicamento especial com ácido nucleico recombinante “com o objetivo de regular, reparar, substituir, adicionar ou deletar uma sequência genética e/ou modificar a expressão de um gene humano, com vistas a resultados terapêuticos”.

A nota da Anvisa explica que a terapia genética utiliza genes de seres humanos, e não de vírus, que são manipulados em laboratório com o objetivo de servir para o tratamento de doenças.

Já as vacinas contra a covid-19 que utilizam RNA mensageiro, como a da Pfizer, utilizam o código genético do vírus, e não de seres humanos, para induzir que os corpos das pessoas produzam uma resposta imunológica.


--Continua depois da publicidade--

“A terapia gênica, no sentido clássico, envolve promover alterações deliberadas no material genético das células humanas a fim de tratar ou curar pacientes. As vacinas elaboradas a partir de código genético do vírus da covid-19 são usadas em processos de imunização de pessoas saudáveis e não para o tratamento de alterações genéticas ou de doenças relacionadas, por isso não podem ser consideradas terapias gênicas”, coloca a nota.

O comunicado da Anvisa destaca que tanto no caso das terapias genéticas quanto dos produtos para tratamento da covid-19, como vacinas, são seguidos critérios rígidos de segurança e eficácia.

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Publicidade

Redes sociais

107,407FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,126SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Fim de semana chuvoso
Bastante pancadas de chuvas em MT: Lucas do Rio Verde e Sorriso estão na faixa amarela
janeiro 28, 2022
POLÍCIA
Ladrão rouba mercado em Lucas do Rio Verde; vídeo
janeiro 28, 2022
ATUALIZAÇÃO
Número de casos positivos de Covid-19 segue alto em Lucas do Rio Verde: 430 novos casos em 24 horas
janeiro 28, 2022
Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde não terá eventos de Carnaval
janeiro 28, 2022