22.5 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 17 maio, 2021
InícioMUNDOAlunos da rede municipal de SP ainda não receberam tablets um ano...

Alunos da rede municipal de SP ainda não receberam tablets um ano após início das aulas online

Por G1SP

Um ano após o início das aulas online implementadas por causa da pandemia de coronavírus, alunos da rede municipal de São Paulo seguem sem tablets para assistir aos conteúdos do ensino a distância (EAD). Sem computadores em casa e sem o equipamento prometido pela gestão municipal, alunos de baixa renda veem a desigualdade crescer.

A compra de 465 mil tablets foi anunciada pela prefeitura em agosto do ano passado, cinco meses após o fechamento das escolas provocado pela Covid-19. No final de setembro, o Tribunal de Contas do Município (TCM) suspendeu a licitação e indicou a necessidade de ajustes no edital.


--Continua depois da publicidade--

Só no final de outubro o TCM liberou o edital de licitação dos tablets após ajustes. O investimento da prefeitura foi de R$ 300 milhões.

As aulas presenciais foram suspensas no dia 17 de março de 2021. Em abril, o ensino a distância foi implementado. As escolas chegaram a reabrir para atividades presenciais, mas as aulas online estão mantidas em um modelo de ensino híbrido, que combina aulas presenciais e a distância.

De acordo com um levantamento feito pela reportagem, parte das escolas municipais já receberam os tablets, mas não os chips. Sem o chip, o tablet só funciona com uma rede de internet wi-fi. De qualquer forma, as escolas ainda não foram autorizadas a fazer a entrega dos equipamentos, que precisam ser configurados.

A configuração deve parear o chip ao tablet e associar o equipamento ao aluno que vai utilizá-lo de acordo com um número de identificação, que é um código do sistema escolar. A escola também deve entregar o tablet já com um aplicativo de rastreamento do aparelho.


--Continua depois da publicidade--

De acordo com um diretor de escola no Butantã, Zona Oeste da capital, que prefere não se identificar, foram recebidos 770 tablets para os 810 alunos de sua unidade. Desses, foram configurados 18 aparelhos até agora, mas quatro deles precisarão ser reconfigurados.

“Todo o trabalho de configuração deverá ser feito pelos funcionários da escola e isso levará um tempo. Me parece que a Diretoria Regional de Ensino (DRE) Campo Limpo, na Zona Sul, será a primeira a entregar. Eu sou do Butantã e recebi e-mail na terça-feira (13) dizendo que ainda não é para entregar”, afirma.

Os equipamentos seriam distribuídos para estudantes dos ensinos fundamental 1 e 2, médio, e educação de jovens e adultos. Os primeiros alunos a receber os equipamentos seriam aqueles que estão apresentando mais dificuldades com o ensino remoto. A promessa inicial era que 10% dos tablets seriam entregues em dezembro.

Em nota, a Secretaria municipal da Educação disse que os tabletes estão “em fase de distribuição”.


Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

SÃO E SALVO
Em ação rápida, bombeiros resgatam cachorro preso debaixo de contêiner em Lucas do Rio Verde
maio 16, 2021
CLASSIFICADO
Grupo Santos volta a vencer Sorriso e garante vaga na próxima fase da Copa do Brasil
maio 16, 2021