24.6 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 15 agosto, 2022
Publicidade
InícioMUNDOAcusação de assédio sexual deve derrubar na próxima segunda-feira mais um executivo...

Acusação de assédio sexual deve derrubar na próxima segunda-feira mais um executivo da Caixa

Texto por G1

As acusações de assédio sexual na Caixa Econômica Federal devem derrubar mais um executivo do banco. Segundo integrantes da Caixa, a saída deve ser formalizada na próxima segunda-feira.

Depois do pedido de demissão do presidente da Caixa, Pedro Guimarães, em razão das denúncias de assédio sexual de várias funcionárias, agora a vez é do vice-presidente de Negócios de Atacado, Celso Leonardo Barbosa.


--Continua depois da publicidade--

Considerado até então o vice mais próximo de Pedro Guimarães, Barbosa foi citado nas denúncias de assédio sexual por funcionárias da Caixa.

Nesta sexta-feira (1º), Celso Leonardo Barbosa teria se despedido da equipe, segundo relato de um funcionário do banco.

De acordo com esse relato, ele anunciou que estava deixando o posto, fez um discurso no qual negou qualquer acusação contra ele e chegou até a chorar, segundo informaram pessoas presentes no gabinete. Mas, até a publicação desta reportagem, não havia anúncio oficial da demissão.

Além de ter sido citado nas denúncias de funcionárias contra Pedro Guimarães no Ministério Público Federal, Barbosa é acusado na única denúncia de assédio sexual formalizada na ouvidoria da Caixa.


--Continua depois da publicidade--

A funcionária acusa o vice-presidente de Negócios de Atacado de tê-la assediado sexualmente, o que ele nega.

Barbosa teria decidido sair por ter sido informado que a situação dele, assim como a do ex-presidente do banco, também havia ficado “insustentável” diante das acusações das funcionárias.

Na próxima semana, a nova presidente da Caixa, Daniella Marques, assumirá o posto.

Até agora, o presidente da República, Jair Bolsonaro, não se pronunciou sobre o episódio. Ele aceitou que Pedro Guimarães pedisse demissão, em vez de ser demitido, como defendiam interlocutores do presidente.

O escândalo na Caixa está sendo investigado pelo Ministério Público Federal e, agora, também pelo Ministério Público do Trabalho, além do Tribunal de Contas da União.

Rebeca Moraes
Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br/
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso. Já trabalhou em Rádio Jornal (site e redação).

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

TRÂNSITO
Condutor perde controle de direção, cai em córrego e morre em Lucas do Rio Verde
agosto 14, 2022
Lucas do Rio Verde
Agosto Lilás: Botão do Pânico auxilia vítimas de violência doméstica
agosto 14, 2022
Lucas do Rio Verde
Atleta de Lucas do Rio Verde conquista duas medalhas de ouro na Paralimpíadas Escolares
agosto 14, 2022
Lucas do Rio Verde
Esporte apresenta detalhes do Futebol Amador durante congresso técnico com equipes
agosto 14, 2022