28 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 08 agosto, 2022
Publicidade
InícioMundo animalPerereca pousa para foto com Zoologista; veja

Perereca pousa para foto com Zoologista; veja

Texto por CenarioMT

Uma perereca pousou para foto com Zoologista e roubou a cena.

A perereca fotogênica é um dos destaques na página @thiagobiotrips no Instagram administrada pelo Doutor em Zoologia Thiago Silva Soares.


--Continua depois da publicidade--

“Aliás, para quem já viu ou OUVIU uma: você sabia que o sapo-martelo (Boana faber) é uma perereca? É essa aí da foto, repare nos discos adesivos! Isso é das pererecas, o que faz elas grudarem nas coisas! Sapo não tem, mas ‘nome popular’ é assim né, não tá errado, é como o povo chama e pronto!”, comentou Thiago no post.

O sapo-martelo (nome científico: Boana faber, antiga nomenclatura: Hyla wachei), também conhecido como sapo-ferreiro, é uma espécie de anuro da família Hylidae, que pode ser encontrada no Brasil, na Argentina e no Paraguai.
Foto: thiagobiotrips

sapo-martelo (nome científico: Boana faber, antiga nomenclatura: Hyla wachei), também conhecido como sapo-ferreiro, é uma espécie de anuro da família Hylidae, que pode ser encontrada no Brasil, na Argentina e no Paraguai. Habita florestas tropicais úmidas e suas áreas de entorno, como a Mata Atlântica e o Cerrado, podendo ser visto também em plantações e florestas secundárias. É arborícola e costuma estar próximo a corpos d’água.

Os machos medem em média entre 8,5 e 9,5 centímetros e as fêmeas entre 9 e 10 centímetros. Possui uma coloração entre o marrom-claro e o cinza, havendo uma linha escura no dorso, com a possibilidade de ocorrerem manchas no entorno.

Seus discos adesivos e as membranas interdigitais são grandes e volumosas e os machos possuem um tubérculo no quarto dedo, que se assemelha a um espinho, que é usado em disputas territoriais com outros machos. Seu nome comum é uma alusão ao seu coaxar, que se assemelha com a batida de um martelo em uma bigorna.


--Continua depois da publicidade--

Sua reprodução é prolongada, ou seja, os participantes chegam de maneira assincrônica e pode durar até meses. Ocorre durante a estação chuvosa, que costuma ser compreendida pelos meses de dezembro a fevereiro, começando com a construção de ninhos em formato de panela, depois do que os machos vocalizam em seu interior para atrair as fêmeas, que os escolhem de acordo com o ninho. Alguns machos também podem conseguir fêmeas usurpando ninhos já construídos ou simplesmente tomando fêmeas já em reprodução.

Durante o amplexo, são depositados de 3 mil a 4 mil ovos num cordão gelatinoso na superfície da água, e depois o macho apresenta cuidado parental e cuida dos ovos até sua eclosão. Após o nascimento dos girinos, eles permanecem na piscina até fortes chuvas, que transbordam o ninho e os leva para corpos d’água maiores, como rios e lagoas, onde completam sua metamorfose no período de um ano.

Chamamos de sapos os anfíbios que possuem a pele áspera coberta por glândulas e verrugas. As rãs são as espécies que apresentam a pele lisa e vivem em ambientes aquáticos (algumas utilizadas na alimentação humana).
Foto: divulgação/Internet

Possui uma dieta generalista e oportunista, alimentando-se tanto de vertebrados, como outros anfíbios, quanto invertebrados, tipo besouros, formigas e gafanhotos. Existem relatos de canibalismo na espécie, com indivíduos adultos predando imagos, e com girinos maiores se alimentando dos menores. Pode ser predado por inúmeros animais nos seus diferentes estágios de vida, por meio das baratas-d’água enquanto ainda é larva, e por cobras e outros anfíbios quando adulto. Também pode ser atacado pelos mosquitos do gênero Corethrella, que são atraídos pela sua vocalização.

Se você gostou deste post: Perereca pousa para foto com Zoologista; veja  – vai gostar também de ler esta notícia: Pensa numa sucuri grande; assista

Siga-nos no Facebook Twitter para se manter informado com as notícias de hoje!

João Ricardo
João Ricardohttps://www.cenariomt.com.br
Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

TRÂNSITO
Médica veterinária morre em grave acidente na BR-163; Era moradora de Lucas do Rio Verde
agosto 08, 2022
SALDO POSITIVO
No encerramento da Expolucas 2022, Binsfeld faz avaliação positiva do evento
agosto 08, 2022
EM LUCAS DO RIO VERDE
Último prêmio de R$ 10 mil da Expolucas 2022 sai para três luverdenses
agosto 08, 2022
ELEIÇÕES 2022
Vereadores de Lucas do Rio Verde confirmam candidaturas a ALMT e à Câmara Federal
agosto 07, 2022