25.6 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 19 janeiro, 2022
Publicidade
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDEIdoso é atacado por enxame de abelhas; vídeo

Idoso é atacado por enxame de abelhas; vídeo

Por CenárioMT

Um idoso foi atacado por um enxame de abelhas em Lucas do Rio Verde (MT), na tarde desta sexta-feira (19).

Um morador do bairro Parque das Emas foi atacado por um enxame de abelhas-europa. Ele estava caminhando pela rua onde mora, quando o enxame de abelhas o atacou.

De acordo com o Cabo BM Alexandre Silva (13ª CBM) o enxame estava abrigado em um bueiro. No terreno em frente havia um maquinário da prefeitura realizando a limpeza.

“Essas abelhas fizeram uma colmeia em uma galeria de esgoto no começo da rua. E certamente com o barulho do maquinário realizando a limpeza do terreno, as abelhas ficaram agressivas e o idoso ao passar pela rua foi atacado”, comentou o militar.

Em pânico, o homem correu por vários metros e pediu ajuda a um vizinho, que o cobriu com um edredom. Mesmo assim, o idoso teve cerca de 50 ferroadas pelo corpo e foi levado para o Pronto Atendimento Municipal – PAM e segue em observação.

A guarnição composta ainda pelos Soldados BM Rômulo e Rodrigues, utilizou uma espécie de lança chamas para afastar as abelhas de perto do idoso, que continuava debaixo do edredom.

VEJA O VÍDEO:

“Foi necessário uma ação rápida e enérgica de extermínio da guarnição para a segurança do cenário e salvamento da vítima. Em cima do edredom existiam várias abelhas que estava tentando atacar esse senhor. O idoso foi encaminhado consciente, intensa dores no corpo, edemas e está sendo monitorado no PAM”, acrescentou.

Os militares solicitaram apoio de um apicultor, que deverá fazer a retirada da colmeia do bueiro e evitar novo ataque aos moradores da região.

Idoso sento atendido pelos militares do Corpo de Bombeiros, 13ª CBM de Lucas do Rio Verde.

Recomendações

Os militares do Corpo de Bombeiros (13ª CBM) fazem algumas recomendações em caso de ataque de abelhas.

“É importante que a pessoa, mesmo diante de uma situação extrema, não tente matar ou espremer a abelha. Ao ser esmagada a abelha acaba liberando um feromônio. Isso serve de um sinal para que as abelhas entendam há um agressor e a colmeia pode estar em risco e essa pessoa vai sofrer fortes ataques do enxame. Foi o que aconteceu com esse idoso. Ele correu mais de 100 metros e as abelhas seguiram esse rastro até no vizinho, aonde ele (idoso) se abrigou”, salientou Cabo BM Alexsandre.

Ainda de acordo com o militar, nesse período de chuvas é comum as abelhas fazerem a migração à procura de locais protegidos para montar suas colmeias.

“Pode ocorrer vários ataques e a pessoa deve se afastar daquele local e tentar não espremer nenhuma abelha e assim evitar que ela libere o feromônio e a vítima não ser atacada pelo enxame. Recomendamos que busque um abrigo, ligue para a guarnição no 193 e vamos encaminhar a viatura de salvamento”, concluiu.

Em situações de ataque de abelhas em que as vítimas correm o risco de sofrer ferimentos graves e que podem levar a morte, os militares do Corpo de Bombeiros fazem o extermínio parcial do enxame. Caso contrário os militares trabalham em parceria com apicultores, que fazem a captura de todo enxame com segurança, evitando a mortalidade das abelhas, que são essenciais para o nosso ecossistema.

Cobra-espada quase morta bebe água e revive; assista

João Ricardohttps://www.cenariomt.com.br
Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.
Publicidade

Publicidade

Redes sociais

107,353FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,122SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Reforma no estádio 
Arquibancadas metálicas do Estádio Municipal Passo das Emas são removidas para reforma
janeiro 19, 2022
COVID-19
Secretaria de Saúde confirma 126 casos nas últimas 24h em Lucas do Rio Verde
janeiro 19, 2022
HOMICÍDIO
Corpo de jovem é encontrado enterrado em mata em Lucas do Rio Verde
janeiro 19, 2022
POLÍCIA
Pai é detido por ameaçar filhas com facão em Lucas do Rio Verde
janeiro 19, 2022