28.9 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 05 dezembro, 2021
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDEGambá é resgatado após ser visto em área urbana; veja

Gambá é resgatado após ser visto em área urbana; veja

Por CenárioMT

Gambá é resgatado após ser visto em área urbana, no município de Lucas do Rio Verde (MT). O gambá (gênero Didelphis), estava abrigado em uma árvore na rua Gentiliza, no bairro Vida Nova.

Populares avistaram o animal, que aparentava estar bastante assustado, e acionaram a guarnição do Corpo de Bombeiros (13ª CBM).

Os militares realizaram a captura do marsupial e fizeram sua soltura em uma área de preservação permanente.

De acordo com o Sodado BM Adorno, tratava-se de um animal adulto e que não oferecia risco as pessoas, porém, por ser de habitat silvestre, o mesmo foi solto em uma região de mata.

“Com o crescimento populacional, as áreas de habitat natural desses animais vão ficando cada vez menor, e por isso é cada vez mais comum vê-los no meio urbano“, relatou o militar à reportagem do CenárioMT.

O Corpo de Bombeiros orienta a população que em caso se deparar com animais silvestres no perímetro urbano, que a guarnição seja acionada via 193, pois e ariscado o morador tentar fazer a captura por conta própria sem os equipamentos adequados.

“Isso oferece risco ao animal e a própria pessoa”, reforçou o militar.

Curiosidades sobre Gambá

Do gênero Didephis, o gambá e um animal marsupial da família Didelphidae. Seu porte físico assemelhe-se a de um gato e pesa em média até 4 kg, atingido na vida adulta em torno de 50 cm, sem contar a cauda, que tem a mesma proporção de tamanho de seu corpo.

Seu focinho é alongado e pontudo, o pescoço é grosso e os membros são curtos. A cor da pelagem varia muito. Têm uma cauda é preênsil, redonda e grossa, apresenta pêlos só na base, sendo que o restante é revestida por escamas pequenas. Seus movimentos são lentos em terra, pois nas árvores se mostra ágil, trepando com facilidade e com a ajuda da cauda.

O gambá tem hábitos noturnos e alimenta-se de frutos silvestres, ovos e filhotes de pássaros. É comum encontrar esses animais em galinheiros, onde se alimenta do sangue das galinhas.

Porém, a característica mais marcante desse animal é o terrível odor proveniente de um liquido produzido pelas suas glândulas axilares, que o gambá utiliza como um recurso de defesa quando se sente ameaçado. O liquido é tão fétido que atrapalha o agressor em seu potencial ataque, possibilitando que o gambá escape. Outra atitude comum aos gambás em situação de ameaça é fingir-se de morto, na esperança de que quem o ataca desista.

(Com informações do portal InfoEscola)

Se você gostou deste post Gambá é resgatado após ser visto em área urbana; veja vai gostar também de ler esta notícia: Jacaré é flagrado em piscina de propriedade rural; veja vídeo

Siga-nos no Facebook Twitter para se manter informado com as notícias de hoje!

João Ricardohttps://www.cenariomt.com.br
Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.

Redes sociais

107,346FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,096SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

ENSINO SUPERIOR
Candidatos participam de vestibular para ingressar na Unilasalle Lucas do Rio Verde
dezembro 05, 2021
Em Lucas!
Polícia Militar prende homem com arma de fogo
dezembro 05, 2021
Sinop
Profissionais de Sinop conhecem funcionamento de RAPS em Lucas do Rio Verde
dezembro 05, 2021
Mato Grosso
Fiscais e agentes do Indea são capacitados para combater praga que atinge lavouras em Mato Grosso
dezembro 05, 2021