23.6 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 02 dezembro, 2021
InícioMundo animalCobrasJararaca vai em busca do lagarto que ela picou; assista

Jararaca vai em busca do lagarto que ela picou; assista

Por CenárioMT

Jararaca após picar um lagarto, foi em busca de seu precioso alimento.

O vídeo da jararaca indo buscar o lagarto, foi gravado por Haroldo Bauher – O Rei das Serpentes – e está disponível em seu canal no Youtube.

Especialista em fazer grandes flagrantes das serpentes, Haroldo mora em Serra Talhada, Pernambuco. Youtuber famoso por ensinar e desvendar mitos sobre as serpentes, despertando curiosidade por sua habilidade com as cobras.

A jararaca picou o lagarto, que por sua vez, conseguiu sair correndo até ser totalmente neutralizado pelo veneno da serpente.

Após encontrar sua presa, a jararaca engole o réptil, saciando sua fome. ASSISTA:

Quem são as jararacas

Bothrops ou jararacas é um gênero de serpentes da família Viperidae. Popularmente, as espécies são denominadas de jararacascotiaras e urutus. São serpentes peçonhentas, encontradas nas Américas Central e do Sul, sendo importantes causadoras de acidentes com animais peçonhentos no Brasil e nos outros países onde se distribuem, com altas taxas de morbidade e mortalidade.

As diferentes espécies apresentam grande variabilidade, principalmente nos padrões de coloração e tamanho, ação da peçonha, dentre outras características. Atualmente, 47 espécies são reconhecidas, mas é consenso dentre os pesquisadores que a taxonomia e sistemática deste grupo está mal resolvida, de modo que novas espécies têm sido descritas, algumas sinonimizadas e entre outros.

Essas serpentes apresentam grande variação em tamanho, as menores espécies não ultrapassando setenta centímetros e as maiores atingindo cerca de dois metros de comprimento.

Jararaca vai em busca do lagarto que ela picou. Foto: Cláudio Timm

O arranjo das escamas no topo da cabeça é extremamente variável; o número de escamas interorbitais pode variar de três a catorze. Usualmente, estão presentes entre sete e nove escamas supralabiais e entre nove e onze sublabiais. Existem entre 21-29 escamas dorsais, 139-240 ventrais e 30-86 subcaudais, que são, geralmente, divididas. Variações nos números de escamas dentro da mesma espécie são muito frequentes.

A maioria das espécies é noturna, embora haja algumas diurnas nas altas altitudes. A maior parte das espécies é terrestre, mas não é incomum encontrar algumas espécies em arbustos e árvores pequenas, especialmente os indivíduos mais jovens. Uma espécie em particular, a Bothrops insularis, a jararaca-ilhoa da Ilha da Queimada Grande, parece ser frequentemente encontradas em árvores a maior parte do tempo.

Se você gostou deste post: Jararaca vai em busca do lagarto que ela picou, vai gostar também de ler esta notícia: Crocodilo gigante persegue pescador; assista

Siga-nos no Facebook Twitter para se manter informado com as notícias de hoje!

João Ricardohttps://www.cenariomt.com.br
Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.

Redes sociais

107,351FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,096SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Organizadores agradecem o apoio da Prefeitura de Lucas do Rio Verde no McDia Feliz 2021
dezembro 02, 2021
Lucas do Rio Verde
Cursos técnicos estão com 120 vagas abertas na Secitec de Lucas do Rio Verde
dezembro 02, 2021
RETOMADA NO COMÉRCIO
Com horário estendido, comércio luverdense pode ampliar em até 40% as vendas no fim de ano
dezembro 02, 2021
Lucas do Rio Verde
Descarte incorreto: entulhos de construção civil são encontrados em contentor de lixo
dezembro 02, 2021