Cuiabá e Brasil-RS empatam sem gols pela Série B

0

Cuiabá e Brasil-RS deram o pontapé inicial, nesta sexta-feira (7), da Série B do Campeonato Brasileiro de 2020, em partida disputada na Arena Pantanal. Sendo a primeira competição nacional a voltar após a paralisação por conta da pandemia de covid-19, a Segundona começou sob um novo protocolo operacional e de segurança e higiene.

Dentro das quatro linhas, o Xavante conseguiu segurar o ímpeto do Dourado durante os 90 minutos e, com um empate sem gols, ambas as equipes garantiram o primeiro ponto de cada uma na classificação.

 

O jogo

Com mais posse de bola, o Cuiabá comandou as ações ofensivas no primeiro tempo de partida. Jogando em casa, o Dourado criou a primeira boa oportunidade logo aos cinco minutos. Em jogada pela direita de ataque, Yago arriscou com força, mas viu o goleiro Rafael Martins fazer ótima defesa, mantendo o placar zerado.

O camisa 7 criou mais uma boa chance aos 26 minutos, quando se livrou do marcador e cruzou para a área. No entanto Jenison não conseguiu alcançar a bola, perdendo a oportunidade de colocar os mandantes em vantagem.

O Cuiabá fez o goleiro do Xavante trabalhar novamente aos 26 da etapa final, quando Felipe Ferreira recebeu ótimo lançamento, invadiu a área e soltou um foguete de perna esquerda. O camisa 1 do Brasil teve bom reflexo e fez mais uma boa intervenção.

Apesar do domínio da posse de bola dos donos da casa, os visitantes conseguiram sua melhor chance aos 42 minutos do segundo tempo. Luiz Henrique recebeu na esquerda e foi driblando os adversários até estar dentro da área. De perna esquerda, o atacante bateu com força, mas João Carlos apareceu para evitar o tento do Brasil.

A resposta do Cuiabá aconteceu cinco minutos mais tarde, já nos acréscimos. Em bola levantada na área, Fabrício foi mais alto do que todo mundo e cabeceou no cantinho. No entanto, a finalização explodiu na trave direita de Rafael Martins. Com isso, o placar se manteve zerado na estreia da Série B.

Leia também: Resultado das loterias de hoje (27/09/2020)


Amazonia 03 de Junho