27.2 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 28 julho, 2021
InícioMATO GROSSOCUIABÁVizinhos de criança que se escondeu dentro de geladeira durante incêndio dão...

Vizinhos de criança que se escondeu dentro de geladeira durante incêndio dão depoimentos

Por TV Centro América

A Polícia Civil deve ouvir nesta segunda-feira (12) os familiares e vizinhos da criança de dois anos que sobreviveu a um incêndio em Cuiabá. O menino se escondeu dentro de uma geladeira para fugir das chamas.

Dentro da casa, no Bairro Altos da Serra, em Cuiabá, ainda estão as marcas da destruição deixadas pelo fogo. O garoto fugiu a tempo, antes de a cama dele ficar totalmente destruída. O calor fez o forro de plástico se contorcer e cair.

A suspeita dos bombeiros é que o fogo começou depois de um curto circuito no ventilador.

A mãe, de 20 anos, foi presa em flagrante por abandono de incapaz. Ela confessou à polícia que deixou o filho sozinho para ir a uma festa com amigos.

Ela foi liberada após audiência de custódia. O Ministério Público Estadual (MPE) pediu sigilo no caso até o fim das investigações.

O incêndio começou por volta de 1h. Os vizinhos foram socorrer e já encontraram o quarto do garoto tomado pelas chamas.

Ao abrirem a janela, ouviram um grito de criança. Tiveram que arrombar a porta para fazer o resgate. Quando os vizinhos entraram, viram que o menino havia se escondido dentro da geladeira, na parte de baixo.

O Conselho Tutelar levou o menino para o hospital. Ele passou por exames de tomografia e raio-x e não teve sequelas graves.

“A única coisa que eu percebi foi uma escoriação no rosto dele, que talvez seja de entrar na geladeira, o ferrinho da geladeira pode ter machucado. A criança está bem. O que devia ser feito em relação a saúde e alimentação do garoto foi feito”, afirma a conselheira tutelar, Juscilene Xavier.

 

A inteligência da criança, que, em meio ao incêndio, encontrou um jeito de escapar do fogo e da fumaça, não surpreendeu a Elizabeth Gomes da Silva, que ajudou a criar o garoto por um ano.

“Quando ele vinha na minha casa, dava para ver que era uma criança que não precisava de ninguém. Ele levantava, abria a geladeira, se queria ver televisão, dava jeito, tentava conectar no desenho que ele gostava sozinho. Ele não fala”, conta.

Elizabeth está conversando com o pai do menino a respeito da guarda, que foi temporariamente retirada da mãe. Ela diz que se depender dela, o garoto não vai ficar sem cuidados.

Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.
- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

SEGURANÇA
Proprietário busca informações que levem ao paradeiro de F4000 furtada em Lucas do Rio Verde
julho 28, 2021
FIQUE ATENTO
Em Lucas: Saúde alerta para fake news sobre a idade de pessoas a serem vacinadas contra a Covid-19
julho 28, 2021