30.5 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 14 junho, 2021
InícioECONOMIAVenda de motocicletas em MT aumenta 10% no 1º quadrimestre de 2021...

Venda de motocicletas em MT aumenta 10% no 1º quadrimestre de 2021 em relação ao mesmo período do ano passado

Na pandemia da Covid-19, a maioria dos estabelecimentos adotou o sistema delivery e motoboys buscam a nova modalidade como fonte de renda.
Por G1 MT

A venda de motocicletas em Mato Grosso aumentou 10,5% entre os meses de janeiro e abril. Neste ano já foram vendidas 2.100 motocicletas e no mesmo período do ano passado, 1.899. Os dados são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Na pandemia da Covid-19, a maioria dos estabelecimentos adotou o sistema delivery para evitar que as pessoas se contaminem com o novo coronavírus. Nesse momento, aplicativos com essa modalidade ganharam mais espaço e se tornaram uma solução para quem ficou desempregado na pandemia ou para quem precisava de uma renda a mais.

O entregador de delivery Alysson Gonçalves Prado, de 26 anos, conta que só trabalha com isso há mais de 10 anos e chega a percorrer quase 250 km de motocicleta em Cuiabá fazendo entregas.

“Faz uns 10 anos já, ou mais. Ontem por exemplo, eu saí de casa 9h e voltei 1h da madrugada, vou em casa só para tomar banho, comer e saio de novo”, afirma.

Farmácias, restaurantes, bares e mercados agora fazem mais entregas dos produtos e esse mercado deve crescer ainda mais. A procura das pessoas por comodidade e receber os produtos sem sair de casa fez com que muitos motociclistas se cadastrassem nesses aplicativos.

Com essa nova realidade, a procura por motocicletas para que as pessoas trabalhem nesse ramo também aumentou. Até o momento, março foi o mês com o maior número de vendas, com 2.120 motocicletas novas vendidas.

O proprietário de uma hamburgueria de Cuiabá, Edson Luiz, de 27 anos, abriu o negócio há 11 meses, em plena pandemia. Ele conta que antes já trabalhava como chefe em uma hamburgueria e que o estabelecimento não conseguiu se manter e precisou fechar.

Depois disso ele abriu a própria empresa e passou a atender apenas por delivery. Ele começou fazendo as vendas agendadas contratando um motoboy e conseguiu abrir um espaço físico, precisando contratar outro motoboy devido a demanda.

“Agora a tendência é o delivery, é o ponto forte. As pessoas estão acostumadas agora com a comodidade de receber a comida em casa, então a tendência ao delivery é só subir”, afirma.

Edson conta que cerca de 80% da renda da hamburgueria é com entregas e que quando criou a empresa, o foco era delivery.

“Aqui cerca de 80% da nossa renda é de delivery, tenho amigos que tem empresas também de comida e todos aumentaram as entregas”, afirma.


Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Concurso cultural junino premiará poesias, fotos e desenhos em Lucas do Rio Verde
junho 14, 2021
PODER LEGISLATIVO
Com pauta cheia, Câmara de Lucas do Rio Verde aprova RGA e nome definitivo ao Bom Jesus
junho 14, 2021