A Polícia Militar Prendeu 58 pessoas, dentre elas uma advogada, na madrugada desta sexta-feira (31), na região da Nova Guarita, em Várzea Grande. Todos os detidos participavam de uma festa clandestina.

De acordo com o boletim ocorrências, a PM recebeu uma denúncia de aglomeração.

A informação é de que estaria acontecendo uma festa com grande concentração de pessoas, e perturbação, já que no local havia som automotivo, além de disparos de arma de fogo.

Nisso, a equipe foi até o endereço informado para realizar a abordagem no local e encontrou narguilés e bebida alcoólica.

Todos foram encaminhados para a Central de Flagrantes e devem responder por perturbação e descumprimento do decreto que proíbe aglomeração devido a pandemia do novo coronavírus, a covid-19.

Polícia Civil vai investigar o caso.

Outra Festa Clandestina

Outra festa clandestina foi fechada pela Polícia Militar, esta foi na capital, onde a polícia conduziu sete pessoas, sendo quatro homens ( 18, 20  e  27 anos e dois adolescentes de 16 anos de idade. Porções de maconha foram apreendidas na ação policial, no bairro São Mateus, em Cuiabá. [veja mais]