30.3 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 26 novembro, 2020
Início ECONOMIA Termo de cooperação promoverá Mato Grosso no mercado asiático

Termo de cooperação promoverá Mato Grosso no mercado asiático

Videoconferência com Instituto de Promoção do Comércio de Macau finaliza detalhes para parceria com China
Por CenárioMT

Promover e posicionar Mato Grosso na China e, posteriormente, no continente asiático é o objetivo do termo de cooperação que está sendo finalizado entre Governo do Estado e o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (Ipim).

Em videoconferência nesta terça-feira (17.11), o governador Mauro Mendes destacou as potencialidades mato-grossenses e o interesse em investimentos mútuos.

“Mato Grosso é um grande produtor de alimentos, o maior do Brasil e é nossa expertise, mas também temos grande potencialidade em minérios e outros produtos. Tenho certeza de que esta cooperação promovida por este diálogo e intercâmbio de informações entre o Estado e a China poderá trazer bons resultados para ambos os lados”, enfatizou o governador ao presidente do Ipim, Lau Wai Meng.

O evento on-line buscou mostrar a importância da parceria bilateral e as oportunidades de fortalecimento das relações. Macau é uma região administrativa da China colonizada por portugueses e, por isso, tem um fórum específico para tratar de prospecção e investimentos com países de Língua Portuguesa.

O Ipim, por sua vez, tem uma plataforma on-line que reúne investidores, fornecedores e prestadores de serviços destes países que desejam se relacionar com a China, além de um fundo de desenvolvimento.

“O relacionamento que estamos criando com o Ipim há um ano, com a presença de uma assessora internacional na China, é de suma importância para o Estado. Conseguimos uma evolução muito grande para Mato Grosso nos colocando em conversas e eventos relevantes para que possamos nos tornar conhecidos e acessar mercados”, explica César Miranda, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso.

Mato Grosso tem como vitrine o agronegócio, mas há outros projetos que podem ser explorados pelos investidores chineses, como logística, tecnologia, energia renovável, além de turismo e cultura. “O termo de cooperação com o Ipim irá nos colocar em grande vantagem na diversificação da balança comercial, com maior número de produtos para exportação e exportação”, afirma Ariana Guedes, assessora internacional do Governo do Estado na China.

“Total interesse em desempenhar nosso papel e contribuir com a cooperação entre a China e Mato Grosso”, afirmou o presidente do Instituto, Lau Wai Meng.

Participaram ainda Antonio Lei, Juana NG e Tang Wei Hei, diretores do Departamento de Promoção Econômica e Comercial com os Mercados Lusófonos, os secretários adjuntos da Sedec Eulália Oliveira, Celso Banazeski, Walter Valverde e Jefferson Moreno, e a chefe do Núcleo de Relações Internacionais da Casa Civil, Rita Chiletto.



© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas

Contra garimpo ilegal, Polícia Federal deflagra Operação Rêmora

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (26) a Operação Rêmora, que visa desarticular uma associação criminosa suspeita de coordenar atividade de garimpo ilegal na...

Prevenção: servidores da PGE fazem teste da Covid-19

Os servidores da Procuradoria Geral do Estado (PGE) realizaram nesta quinta-feira (26.11) o teste RT-PCR que detecta a presença do vírus da Covid-19.  A...

Caminhão tomba, esmaga carro e moto e três pessoas ficam feridas em avenida de MT

Três pessoas ficaram feridas em um acidente na manhã desta quinta-feira (26) na Avenida Júlio Campos, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. De acordo...

Preços da indústria tiveram em outubro maior alta desde 2014: 3,40%

O Índice de Preços ao Produtor (IPP), que mede a inflação de produtos na saída das fábricas, registrou alta de preços de 3,40% em...
Publicidade
x