27.9 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 15 maio, 2021
InícioMATO GROSSOSORRISOSorriso: Secretaria de Assistência Social intensifica o trabalho para não deixar público...

Sorriso: Secretaria de Assistência Social intensifica o trabalho para não deixar público desassistido

Por CENÁRIOMT

Nesses mais de 400 dias (407 nesta terça-feira, desde a implantação do decreto municipal reconhecendo a pandemia em 16 de março de 2020) de pandemia o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social, não parou. Pelo contrário, foi intensificado. É o que explica a gestora da pasta, Jucélia Ferro. “Nosso público-alvo é justamente a pessoa, a família que neste momento está em vulnerabilidade social”, explica. E na ação direta para melhorar a vida do público assistido, estão itens como 40 toneladas de alimentos fresquinhos disponibilizados pelo projeto Mesa Saudável; 2.991 cestas básicas com alimentos não perecíveis; 11.080 kits lanches e 1.067 kits de higiene.

Jucélia frisa que mesmo diante do cenário traçado pelo novo coronavírus que proíbe aglomerações, a Assistência Social tem se organizado e continua presente tanto no dia-a-dia do público-alvo. “Ainda em outubro do ano passado elaboramos planos de contingência e voltamos com atendimento presencial nos CRAS e CREAS”, detalha. “Também intensificamos as ações junto às pessoas em situação de rua; temos uma grande preocupação com esse público em específico, pois entendemos a exposição que diariamente eles têm à Covid-19”, destaca.  “Precisamos garantir o atendimento às famílias assistidas pelo SUAS (Sistema Único de Assistência Social)”, pontua.

Conforme a secretária, vários projetos foram implantados. Dentre eles o “Mesa Saudável” que é uma parceria desenvolvida pelas secretarias de Assistência Social e de Agricultura e Meio Ambiente e já disponibilizou 40 toneladas de alimentos. Hoje, 180 famílias integram o programa que a cada 15 dias oferta alimentos fresquinhos produzidos pela rede da agricultura familiar com muito carinho. A cesta também é reforçada com duas galinhas. Recebem as cestas tanto as famílias assistidas pelos CRAS quanto os idosos cadastrados, estes últimos, recebem os kits em casa.

“Muitas famílias acabam tendo que optar entre comprar itens essenciais como feijão e arroz em detrimento de um quilo de banana, por exemplo; justamente por não ter condições financeiras para a compra de frutas e legumes”, diz. “Nossa intenção com o Mesa Saudável é promover uma mesa farta e saudável para todos os sorrisenses”, acrescenta.

A equipe também realizou uma parceria com Ministério Público para receber dos supermercados frutas e  legumes que não vão  à  banca; todos os itens são selecionados e higienizados pela equipe e distribuídos às  famílias carentes do Município.   “É mais uma forma de ampliar nossa rede do bem”, diz a secretária.

Jucélia relata que as demais ações da pasta também não pararam. ” Além disso, reforçamos a entrega de cestas básicas com alimentos não perecíveis e incluímos o kit higiene”, lembra.

A secretária também cita outras ações desenvolvidas pela pasta como a confecção e distribuição de 60 mil máscaras para famílias de baixa renda e a implantação do Armazém Social. “No caso das máscaras buscamos doação de tecidos e instalamos uma fábrica em que muitas colaboradoras da Prefeitura, que sabiam costurar, atenderam ao nosso chamado”, explica.

Já o Armazém Social é um parágrafo à parte, diz Jucélia. O local, aberto em julho de 2020, consiste em um espaço especial reservado ao amor para o próximo. “Desde a inauguração, diariamente recebemos doações no Armazém e, automaticamente, nossa equipe já levanta os dados em relação a quem necessita e repassa”, frisa.

Um dos itens mais esperados pela população atendida são doações de materiais de construção. “Qualquer pessoa que tiver sobras de materiais poderá doar e dessa forma poderemos aumentar a rede do bem, porque o que sobrou na construção da sua casa poderá moldar o sonho da casa própria ou da reforma da casa de outra pessoa”, explica.

Jucélia destaca que o local conta com uma equipe responsável pelo recebimento dos donativos, cadastro e distribuição. A equipe também está preparada para buscar doações. E quem quiser realizar doações pode entrar em contato diretamente com a equipe da Secretaria de Assistência Social pelo número 3544-8800 no horário das 7 às 17 horas para atendimento pelo telefone. Segundo Jucélia, famílias em situação de vulnerabilidade social podem também solicitar as doações. “A equipe técnica faz a avaliação da necessidade de cada um para a distribuição”, explica.

A secretária explica que além do material de construção, são recebidas e repassadas doações como alimentos, produtos de higiene e limpeza tanto pessoal quanto para residências, roupas e até mesmo colchões ou eletrodomésticos. “Lembramos que roupas e eletrodomésticos devem estar em bom estado de uso. Muitas vezes aquilo que você não usa mais pode fazer toda a diferença na vida de outra pessoa; recebemos qualquer tipo de doação desde que em bom estado de uso”, salienta.

Jucélia acrescenta que toda a equipe da Assistência Social está dedicada em transformar o dia do outro melhor. “Vivemos um momento atípico devido à pandemia causada pela Covid-19 há mais de um ano. Mas, Sorriso é um Município jovem, empreendedor, resiliente e solidário e com a capacidade de se reinventar todos os dias; estamos unidos e à disposição da nossa população para enfrentarmos esse momento difícil e sairmos mais fortalecidos e com o coração mais cheio de amor pelo outro”, finaliza Jucélia.


Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

POLÍCIA
Morador de Lucas do Rio Verde cai em golpe e tem prejuízo de mais de R$ 25 mil
maio 14, 2021
SAÚDE
Lucas do Rio Verde é 2º na classificação regional e sobe para 41º no ranking estadual em vacinação contra Covid-19
maio 14, 2021