20.8 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 16 janeiro, 2022
Publicidade
InícioMATO GROSSOSORRISOMais 14 pessoas são detidas por assumir a direção sob efeito do...

Mais 14 pessoas são detidas por assumir a direção sob efeito do álcool em Sorriso

Além destas, o álcool foi identificado no organismo de mais 24 condutores
Por Nádia Mastella
Dos 310 veículos que passaram pela Avenida Blumenau das 23h de sexta-feira (26) à 1h30 de sábado (27), 108 foram abordados para que seus condutores fossem submetidos ao teste do etilômetro.  Até às 4h da matina de sábado, o trabalho foi intenso para equipes da Polícia Militar (PM), da Guarda Municipal de Trânsito (GM), da Polícia Judiciária Civil (PJC), do Corpo de Bombeiros e do Detran, durante a 17.ª edição da Operação Lei Seca em Sorriso.

A operação, articulada por meio da parceria entre forças do Estado e da Prefeitura, via Secretaria Municipal de Segurança Pública, Trânsito e Defesa Civil (Semsep), conta com o aval do Gabinete de Gestão Integrada e tem um objetivo central: reduzir acidentes, evitar mortes e sensibilizar condutores sobre o fato de que conduzir veículo depois de beber é assumir o risco de provocar um acidente.

Ao todo, foram feitos 108 testes de alcoolemia e o resultado mostrou que, dos testados, 38 apresentaram álcool no organismo. Dentro deste grupo, 14 foram detidas por estar com nível igual ou superior a 0,34 de álcool por litro de ar alveolar, o que configura crime de trânsito, conforme o artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).  Quando este volume é igual ou menor que 0,33, é configurada infração de trânsito, conforme o artigo 165, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), realidade de 24 dos condutores abordados.

Vale lembrar que a multa, tanto nos casos de infração, quanto nos momentos em que a pessoa se recusa a soprar o etilômetro, é de R$ 2.934,70, visto que ambas as práticas são consideradas gravíssimas, com recolhimento da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e até mesmo remoção do veículo. Quando é configurado o crime, além de todas estas penalidades, a detenção pode ser de seis meses a três anos.

“Voltamos a pedir que as pessoas não se arrisquem a conduzir veículos depois de terem ingerido álcool, pois isso pode colocar em risco não apenas a vida do condutor, mas também de quem estiver no veículo ou de terceiros ”, destaca o titular da Semsep, José Carlos Moura, reiterando que a mudança de comportamento é indispensável para a promoção de um trânsito mais seguro.

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.
Publicidade

Publicidade

Redes sociais

107,356FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,120SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Equipe de Esporte e Lazer visita local onde será construído o Complexo Esportivo de Lucas do Rio Verde
janeiro 16, 2022
MAIS DE 10 JOGADORES INFECTADOS
Surto de Covid-19 em time do Sorriso cancela amistoso contra o Luverdense
janeiro 15, 2022
volta às aulas na pandemia
Prefeitura de Lucas do Rio Verde orienta sobre cuidados para volta às aulas na pandemia
janeiro 15, 2022
Lucas do Rio Verde
Prefeitura alerta moradores para limpeza de terrenos em Lucas do Rio Verde
janeiro 15, 2022