17.4 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 21 maio, 2022
Publicidade
InícioCENÁRIO POLÍTICOGOV-MTSES promove, em Cuiabá, Semana Estadual de Conscientização sobre Alergia Alimentar

SES promove, em Cuiabá, Semana Estadual de Conscientização sobre Alergia Alimentar

Encontro presencial ocorrerá, nesta terça-feira (10), no auditório da Controladoria Geral do Estado (CGE) e será transmitido virtualmente
CenárioMT

Para celebrar a Semana Estadual de Conscientização sobre Alergia Alimentar, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) promove, nesta terça-feira (10.05), o encontro “Conhecendo mais sobre a Alergia Alimentar”. O evento será presencial, das 8h às 17h30, sendo instituído por Lei estadual (11.237/2020).

A alergia alimentar está entre as que mais crescem no mundo. Por essa razão, a Semana é dedicada a conscientizar a população sobre as formas de diagnósticos e riscos associados. “Desta forma, o objetivo é desmistificar o tema entre a população”, destacou a coordenadora de Promoção e Humanização da Saúde, da SES, Rosiene Pires.

Esse tipo de alergia é mais comum em crianças e pode ser causado pelo consumo de leite, ovo, soja e trigo. Os quatro primeiros alimentos são, geralmente, tolerados até a segunda década de vida. Há registros de casos de alergia também em relação ao consumo de castanhas, amendoim, peixes e frutos do mar, que são tipicamente persistentes ao longo da vida e podem começar em qualquer idade.

Para participar virtualmente do encontro “Conhecendo mais sobre a Alergia Alimentar”, basta acessar a transmissão pelo canal de YouTube da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), sendo um link para o período da manhã e outro link para o período da tarde.

Sintomas

A reação alérgica atinge cerca de 8% das crianças com idade inferior aos três anos e quase 3% dos adultos. Entre os fatores que aumentam o risco de apresentar alergias, está a predisposição genética. Mais de 50% dos pacientes com alergia alimentar diagnosticada possuem histórico familiar, além de falhas dos mecanismos de defesa e permeabilidade do sistema digestivo.

Os sintomas mais comuns da alergia alimentar são reações epidérmicas, como inchaços, coceiras e urticária, e no sistema digestivo, como disenteria, dores abdominais e vômito. Também é possível – apesar de menos comum – o desencadeamento de alguns sintomas respiratórios, como tosses, chiados no peito e rouquidão.

Tratamento e diagnóstico

O primeiro passo no combate à alergia alimentar é o diagnóstico correto. Ele só é possível por meio de avaliações clínicas, que incluem testes alérgicos e exames de sangue específicos para possibilitar a investigação do agente causador da alergia.

Não existe cura ou um remédio distinto para tratar a alergia alimentar. O uso de medicamentos só deve ser feito mediante indicação médica. O ideal é excluir da dieta os alimentos e substâncias que provocam alguma reação alérgica.

© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

TRÂNSITO
Motorista perde controle de veículo e bate em carreta parada em Lucas do Rio Verde
maio 21, 2022
TRÁFICO DE DROGAS
Policiais militares apreendem mais de 19 quilos de entorpecente em Lucas do Rio Verde
maio 21, 2022
POR MELHORIAS
Grupo faz manifestação no pedágio de Lucas cobrando duplicação da BR 163
maio 21, 2022
POLÍCIA
Assaltantes são presos em Lucas do Rio Verde e caminhonete roubada é recuperada
maio 21, 2022