24.6 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 29 novembro, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICOGOV-MTSema-MT atende tuiuiú ferido por linha de pesca em Barão de Melgaço

Sema-MT atende tuiuiú ferido por linha de pesca em Barão de Melgaço

O animal foi tratado e devolvido à natureza, e segue em observação. A conduta adequada foi a menor intervenção possível para evitar o estresse do animal
Por CenárioMT

Agentes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) atenderam um tuiuiú (Jabiru mycteria) ferido por linha de pesca, na última quinta-feira (21.10), em Barão de Melgaço (135 km de Cuiabá). O animal foi tratado e devolvido à natureza, e segue em observação. A conduta adotada foi a de menor intervenção possível para evitar o estresse do animal.

O tuiuiú estava com dois filhotes e exercendo a sua função ecológica de cuidados com a prole. De acordo com os moradores do local, o animal estava machucado há dois meses em uma região de pousadas e muito estressado devido às frequentes tentativas de pessoas de tentar capturá-lo.

Diante do exposto, para tratar do animal, os agentes precisaram ter uma abordagem diferente: pediram que os moradores não intervissem por ao menos cinco dias, para então realizar a captura. Não é indicado o uso de dardos tranquilizantes, pois a ave poderia alçar voo ou se direcionar à algum lugar onde os profissionais não teriam acesso, como áreas alagadas, o que poderia causar a morte ao animal.

Os fiscais da Sema conseguiram fazer a captura do animal, realizar os cuidados necessários, a retirada da linha, e a devolução à natureza em segurança.

Cuidados com a Fauna

Em nota técnica, a Sema-MT recomendou que, exceto em casos pontuais avaliados pelos Órgãos Ambientais, por especialistas e pesquisadores, não é indicada em hipótese alguma a suplementação alimentar aos animais silvestres.
Entre os riscos, a transmissão de doenças, a habituação, a ceva, e alterações de comportamento social intra e inter específico, que prejudicam a habilidade da fauna silvestre na busca e captura do seu alimento natural.

Equipe técnica do órgão que monitora o bioma e os pesquisadores consultados avaliam que a vegetação consegue, na maioria dos casos, suprir as necessidades básicas dos animais como refúgios e alimentação.

O parecer oficial da Secretaria é assinado por especialistas da Coordenadoria de Fauna e Recursos Pesqueiros da Sema, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Pantanal (Embrapa), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat), Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Universidade Estadual de Maringá (UEM).

 

 

 

 

 

© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!

Redes sociais

107,362FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,091SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Após dois anos sem se apresentar ao público, Orquestra Sinfônica Jovem interpreta clássicos do cinema
novembro 28, 2021
Lucas do Rio Verde
Curso de conserva de frutas leva às participantes mais uma alternativa de fonte de renda
novembro 28, 2021
Lucas do Rio Verde
Acadêmicos da UAB/UFMT apresentam cases relacionados às políticas públicas
novembro 28, 2021
Lucas do Rio Verde
Covid-19: Confira como será o esquema de vacinação das três doses na próxima semana
novembro 27, 2021