Um tatuador foi preso por tentar estuprar uma cliente no estúdio dele no bairro Coophalis, em Rondonópolis (a 215 km ao sul de Cuiabá). Fato foi registrado na madrugada desta quarta-feira (29).

A vítima foi até o estúdio para fazer uma tatuagem acompanhada do namorado. Mas, o companheiro foi barrado na entrada do estabelecimento.

Na recepção, o tatuador disse que precisava identificar melhor o posicionamento da tatuagem e pediu para a vítima ficar nua. Assim, ele tocou nas partes íntimas da vítima.

Já na sala onde seria realizado o procedimento, o tatuador pediu que ela ficasse de costas e ficou com a genitália para fora da roupa.

A vítima ficou desesperada e saiu correndo. A mulher e o namorado acionaram a Polícia Militar, que seguiu até a casa do tatuador. Ele tentou fugir, mas foi localizado em cima do telhado.

A PM também encontrou duas cobras na casa do tatuador, sendo uma jiboia e uma americana (corn snake). Também havia uma espingarda, um tablete de maconha, balança de precisão, uma arma conhecida como besta, flechas e uma machadinha.

Ele deve responder por porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, estupro e crime contra a fauna.