24 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 30 novembro, 2020
Início MATO GROSSO Remédio que está sendo usado contra coronavírus não é recomendado pelo CRM

Remédio que está sendo usado contra coronavírus não é recomendado pelo CRM

Por OLHAR DIRETO

O Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT) emitiu uma nota esclarecendo à população que não utilizem medicamentos que contém hidroxicloroquina e cloroquina em pacientes infectados ou mesmo como forma de prevenção à contaminação pelo novo coronavírus. Apesar de algumas matérias informarem que este medicamento seria eficaz, ele ainda não foi testado pela Anvisa e, ao mesmo tempo, está ‘desaparecendo’ das farmácias e deixando quem precisa dele desamparado.

Segundo o Conselho Regional, o próprio Conselho Federal solicitou à ANVISA que torne obrigatória a prescrição médica para a dispensação e a comercialização dos medicamentos com hidroxicloroquina e cloroquina. O medicamento é utilizado em tratamentos de artrite, lúpus eritematoso, doenças fotossensíveis e malária.

Nas últimas horas, as drogarias registraram um aumento desproporcional na aquisição destes medicamentos.  e possivelmente esse evento se deve à veiculação de notícias e mensagens de que tais medicamentos podem ser utilizados no combate à contaminação pelo novo coronavírus.

“Nesse contexto da pandemia do COVID-19 recomendamos aos profissionais médicos que se atenham aos critérios clínicos para a prescrição destes medicamentos. À população em geral pedimos atenção para que evitem a automedicação e a aquisição e uso de medicamentos contendo a hidroxicloroquina e cloroquina de forma indiscriminada”, diz a nota.

Leia a íntegra:

Conscientes da gravidade da situação que o mundo está passando e do papel que podemos exercer como fonte de informação técnica confiável, o CRM-MT esclarece a população em geral e aos profissionais da área da saúde que não há recomendação da ANVISA ou do CFM, até o momento, para a utilização de medicamentos que contêm hidroxicloroquina e cloroquina em pacientes infectados ou mesmo como forma de prevenção à contaminação pelo novo coronavírus.

O próprio CFM solicitou à ANVISA, nesta data, que no cenário atual torne obrigatória a prescrição médica para a dispensação e a comercialização dos medicamentos com hidroxicloroquina e cloroquina.

Nas últimas horas, as drogarias registraram um aumento desproporcional na aquisição destes medicamentos e possivelmente esse evento se deve à veiculação de notícias e mensagens de que tais medicamentos podem ser utilizados no combate à contaminação pelo novo coronavírus.

Como consequência, esses medicamentos já estão faltando para aqueles pacientes que deles precisam no tratamento da artrite, lúpus eritematoso, doenças fotossensíveis e malária.

Nesse contexto da pandemia do COVID-19 recomendamos aos profissionais médicos que se atenham aos critérios clínicos para a prescrição destes medicamentos.

À população em geral pedimos atenção para que evitem a automedicação e a aquisição e uso de medicamentos contendo a hidroxicloroquina e cloroquina de forma indiscriminada.

O momento pede que pensemos no bem estar coletivo, a aquisição de medicamentos que contenham aquelas substâncias para uso fora das indicações aprovadas pela ANVISA, coloca em risco a saúde das pessoas que os utilizam para tratamento da artrite, lúpus eritematoso, doenças fotossensíveis e malária.

Sobre o assunto, recomendamos ainda a leitura da Nota Técnica sobre Cloroquina e Hidroxicloroquina elaborada pela ANVISA.

Atenciosamente,

Dra. Hildenete Monteiro Fortes
Presidente do CRM-MT

 



Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas

Emanuel é reeleito prefeito de Cuiabá

Emanuel Pinheiro (MDB) foi reeleito neste domingo (29) com 51,1% dos votos válidos. O resultado foi divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ele comandará, novamente,...

Mato Grosso registra 7 óbitos e 103 casos em 24h por Covid-19

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (29.11), 158.417 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados...

Começa apuração do segundo turno; acompanhe em tempo real

A votação do segundo turno das eleições municipais foi encerrada às 17h (horário de Brasília) na maior parte do país. Os eleitores que estão...

‘Pedi força a Deus quando vi que era ela’, diz PM que encontrou a filha morta em ocorrência de acidente

O sargento da Polícia Militar Severino Góis, de 54 anos de idade, passou neste sábado (28) pelo que ele chamou de "pior experiência da...
Publicidade
x