25.5 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 25 outubro, 2020
Início MATO GROSSO Policiais são capacitados em Instrução de Operador de Drone em Mato Grosso

Policiais são capacitados em Instrução de Operador de Drone em Mato Grosso

Por CENÁRIOMT

Vinte policiais civis lotados na Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), concluíram na quinta-feira (17.09) mais um módulo do cronograma anual de capacitação e nivelamento desenvolvido pela unidade especializada.

O curso realizado durante dois dias, 16 e 17 de setembro, abordou o tema “Instrução para Operador de Drone”, visando a qualificação e treinamento específico para operar o equipamento considerado importante para as ações policiais.


-Continua depois da publicidade ©-

O módulo vai ao encontro dos anseios das atribuições fins de investigação, uma vez que o uso dessa ferramenta é indispensável para as diligências de reconhecimento do terreno e edificação do alvo.A capacitação com aulas teórica e prática, foi ministrada pelo coordenador e professor do Curso Superior em Ciências Aeronáutica (aviação) da Faculdade Unic, mestre Henrique Cezar Barbosa Gallina.

De acordo com o investigador e chefe de operação da Derrfva, Eduardo Augusto Barcelos, o drone é um recurso de fundamental importância no planejamento operacional. “Muito utilizado na fase final das operações, possibilitando melhores estratégias, técnicas e táticas da equipe operacional”, destacou ele.



Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas

Pesquisa investiga transmissão de covid-19 entre homens e animais

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) quer saber qual o risco de transmissão da covid-19 entre humanos e animais de estimação. Para obter a...

Mortes por covid-19 chegam ao menor nível desde maio, diz Fiocruz

O Brasil registrou 461,14 mortes diárias por covid-19, de acordo com a média móvel de sete dias. Segundo os dados da Fundação Oswaldo Cruz...

Policial do Bope se emociona com homenagem de comandantes e colegas no último dia de trabalho

Acostumado a uma rotina de exigências, força, resistência, precisão e muito controle emocional, o subtenente Adenilson Lopes (52 anos) ficou sem ação e sem palavras, em...