Polícia Civil investiga feminicídio de jovem de 18 anos em Guiratinga

Jhulia Glezia Souza Neres, de 18 anos, é vítima de homicídio após ser atacada em sua residência; suspeito está foragido.

Fonte: CenarioMT

Adolescente é resgatada de cárcere privado e abuso em Rondonópolis

A Polícia Civil investiga um caso de feminicídio ocorrido na noite de sábado, 15 de junho de 2024, em Guiratinga. A vítima, Jhulia Glezia Souza Neres, de 18 anos, foi encontrada morta em sua residência, localizada na Travessa Uruguaiana.

A ocorrência foi inicialmente atendida pela Polícia Militar, que recebeu um chamado sobre uma briga com pedido de socorro por volta das 20h40.

Segundo relatos de uma testemunha, Jhulia havia consumido bebida alcoólica  e pediu para uma amiga acompanhá-la até sua casa. Enquanto conversavam na residência, o suspeito invadiu o local, tomou os celulares das jovens e começou a enforcar a vítima.

Jhulia conseguiu destrancar a porta e tentou fugir, mas foi impedida pelo agressor, que estava armado com uma faca. A testemunha tentou conter o suspeito, mas Jhulia pediu que ela corresse e chamasse a polícia.

Quando a testemunha retornou com ajuda, encontrou o agressor desferindo golpes de faca no pescoço da vítima, que já estava caída ao solo, sendo novamente atacada em várias partes do corpo.

O suspeito fugiu antes da chegada da Polícia e, até o momento, não foi localizado. Equipes da Polícia Civil e da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) estiveram no local para realizar as devidas providências.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que continua em busca do suspeito. A comunidade local está em alerta e espera que o agressor seja rapidamente identificado e preso para responder pelo crime.