Polícia Civil combate crimes sexuais contra crianças e adolescentes em Paranatinga

A primeira prisão foi realizada nesta segunda-feira (08.07) em cumprimento de mandado judicial.

Fonte: CenarioMT

Polícia Civil combate crimes sexuais contra crianças e adolescentes em Paranatinga

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta segunda-feira (08/07) a Operação Talismã, com o objetivo de intensificar as ações de combate aos crimes sexuais contra crianças e adolescentes na região de Paranatinga, a 373 km ao sul de Cuiabá.

A operação visa cumprir mandados judiciais contra pessoas investigadas por crimes sexuais contra menores, que respondem a inquéritos em trâmite na Delegacia de Paranatinga.

Primeira prisão

Logo no início da operação, um jovem de 19 anos foi preso, acusado de estupro de vulnerável e perseguição (stalking) contra uma adolescente de 12 anos. Segundo a Polícia Civil, o investigado não apenas estuprou a menina, como também a perseguiu de forma insistente, configurando o crime de stalking.

Outras ações

Na sexta-feira (05/07), policiais civis da Delegacia de Paranatinga já haviam cumprido um mandado de busca e apreensão em uma residência no bairro Vila Concórdia, como parte de uma investigação por tráfico de drogas.

Durante a ação, foram apreendidos 14 armas brancas (facas), uma máquina de cartão de crédito e débito, uma balança de precisão, documentos de usuários de drogas e outros materiais utilizados para a venda ilícita de entorpecentes.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Todo o material apreendido será analisado e subsidiará o inquérito policial, com o aprofundamento das investigações contra a suspeita de tráfico de drogas.

Polícia Civil combate crimes sexuais contra crianças e adolescentes em Paranatinga

Ações contínuas

A Operação Talismã demonstra o compromisso da Polícia Civil de Paranatinga no combate aos crimes sexuais contra crianças e adolescentes, bem como ao tráfico de drogas na região. As ações visam proteger a população e garantir a segurança pública.