Pastor morre com covid-19 e prefeito fecha Barão de Melgaço

0

O empresário e pastor Jânio Correa Leite morreu com covid-19 na quinta-feira (2) e é o primeiro óbito pelo novo coronavírus no município de Barão de Melgaço (113 km da Capital). Jânio  estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital privado da Capital.

O caso foi confirmado pelo vereador Erick Gonçalves, que informou que logo após o óbito, o prefeito Elvio de Souza Queiroz (PSC) fechou a cidade, proibindo a entrada de turistas e visitantes. Aqueles que descumprirem a ordem estão sujeitos à multa.

O decreto nº 032/2020 foi publicado nesta sexta-feira (3). “Serão montadas barreiras nas duas entradas do município de Barão de Melgaço, onde será supervisionada a entrada de pessoas, não sendo permitida a entrada daqueles que não residem no município, salvo casos justificados que serão deliberados e acompanhados pelo fiscal de vigilância sanitária”, diz o documento.

O decreto proíbe os hotéis e pousadas do município a hospedar turistas nos próximos 14 dias.

Jânio era pastor da Assembleia de Deus e dono da Drogaria Confiança. Ele deixa esposa e filhos.

No último boletim epidemiológico da cidade, publicado na terça-feira (30), eram nove infectados, três curados, e um internado. O município possuí 7.886 habitantes. O Estado de Mato Grosso já soma mais de 17 mil infectados e mais de 700 mortes.

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (07/08/2020)


Amazonia 03 de Junho