Operação retira 53 celulares da unidade penal de Lucas do Rio Verde

A ação integrada serviu também para readequar as celas com normas de segurança mais rígidas

0
- Foto por: Sistema Penitenciário/MT

Ação integrada no Centro de Detenção Provisória (CDP), em Lucas do Rio Verde (a 334 km ao Norte de Cuiabá) terminou com a apreensão de 53 celulares. A operação denominada “Reclusos II” começou na segunda-feira (27.07) e terminou no final da manhã deste sábado (01.08). A revista ocorreu nas 12 celas da unidade penal, que abriga 229 homens.

No primeiro dia da operação, além dos Policiais Penais da unidade, foram empregados também efetivos da Polícia Judiciária Civil (PJC), Polícia Militar (PM), Canil do Gefron e o Ministério Público Estadual (MPE) também participaram da ação. Já a partir de terça-feira (28.07), as ações repressivas foram executadas pelos profissionais da unidade.

Além da revista minunciosa, os servidores também realizaram a retirada de tomadas das celas e readequação da iluminação e ventilação da unidade. A medida serve para impedir o uso de celulares pelos reeducandos no interior do CDP.

“Atuamos durante toda a semana e dedicamos, em média, quatro horas em cada cela para fazer a vistoria. Avalio como positiva esta ação para ampliar a segurança na nossa unidade”, argumenta o diretor do CDP, Ronaldo Frutuoso.

No primeiro dia de revista foram 22 celulares apreendidos. Já na quarta-feira (29.07) foram 23 aparelhos, seguido de dois celulares na quinta (30.07) e seis neste sábado (01).

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (08/08/2020)


Amazonia 03 de Junho