Abertura Nacional da Colheita do Milho 2ª safra reúne lideranças do agronegócio em Nova Mutum

Fonte: CenárioMT

evento milho nova mutum

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) participaram da Abertura Nacional da Colheita do Milho 2ª Safra, realizada na sexta-feira (21/06) na Fazenda Dalla Libera, em Nova Mutum. O evento, promovido pelo Canal Rural Mato Grosso e pela Associação Brasileira dos Produtores de Milho e Sorgo (Abramilho), contou com o patrocínio do Senar-MT e reuniu importantes figuras do setor agropecuário.

Durante o evento, Vilmondes Tomain, presidente do Sistema Famato, participou do painel sobre “Moratória e seu Impacto no Milho e Soja”. Ele expressou preocupação com a imagem negativa atribuída às produções rurais, apesar do cumprimento rigoroso das legislações ambientais. “Mesmo respeitando as legislações ambientais mais restritivas do mundo, somos vistos como vilões”, afirmou Tomain. Ele destacou que a moratória pode ter consequências econômicas graves para Mato Grosso, estado cuja economia depende fortemente do agronegócio.

O vice-presidente da Famato e presidente do Sindicato Rural de Sinop, Ilson Redivo, reforçou as preocupações, alertando que a moratória poderia paralisar o crescimento do estado, especialmente nas regiões norte. “A imposição dessa moratória pode frear o potencial de expansão agrícola nas áreas ainda a serem exploradas dentro dos limites legais”, disse Redivo.

José Luiz Fidelis, superintendente do Senar-MT, ressaltou a importância do evento para a aprendizagem rural. “O Senar-MT está comprometido com o desenvolvimento do agronegócio e a capacitação dos trabalhadores rurais. Nosso objetivo é proporcionar conhecimento, tecnologia e inovação para tornar o campo mais produtivo e sustentável”, declarou Fidelis. Ele destacou que a educação e formação são pilares para o progresso e competitividade do setor.

A programação incluiu discussões sobre sustentabilidade, troca de experiências entre agricultores e painéis técnicos sobre práticas agrícolas e inovações tecnológicas. O evento ofereceu um espaço para produtores rurais expressarem suas preocupações, aprenderem novas técnicas e fortalecerem suas redes de contato.

Robson Marques, diretor Administrativo e Financeiro da Famato, enfatizou a importância de eventos como este para a atualização e capacitação dos produtores rurais. “Esses eventos reforçam nosso compromisso com a defesa dos interesses do agronegócio mato-grossense”, afirmou Marques.

A Abertura Nacional da Colheita do Milho 2ª Safra destacou a importância do debate contínuo sobre políticas que impactam os produtores rurais e a economia de Mato Grosso. A participação da Famato e do Senar-MT reforça o compromisso com o desenvolvimento sustentável e a capacitação no agronegócio, promovendo uma discussão equilibrada entre preservação ambiental e crescimento econômico.

É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.