Mulher é mantida em cárcere privado pelo marido por 4 meses em Mato Grosso

A vítima, que não teve a identidade divulgada, contou que durante o período foi agredida, abusada sexualmente e dopada. O suspeito foi preso em flagrante e levado para a delegacia.

0
Foto: TVCA/Reprodução

Mantida em cárcere privado por 4 meses, uma mulher denunciou o marido depois de conseguir fugir em Nova Olímpia, a 207 km de Cuiabá, na quarta-feira (3). A vítima, que não teve a identidade divulgada, contou que durante o período foi agredida, abusada sexualmente e dopada.

O suspeito foi preso em flagrante e levado para a delegacia.


-Continua depois da publicidade ©-

“Muitas vezes, ele falava que eu estava agitada ou então que estava passando mal e me dava remédio, me obrigava a tomar”, contou a vítima.

Para evitar que a mulher deixasse a casa nos momentos em que não estava, o marido soltava cachorros no quintal. Em outras ocasiões, quando a vítima precisava ir ao hospital após as agressões, ele a acompanhava.

“No hospital, ele não me deixava falar, respondia por mim. Queria pedir socorro, mas não podia”, relatou.

Depois de conseguir fugir, a mulher entrou em contato com duas amigas por telefone. As duas procuraram a polícia e denunciaram o marido da amiga.

Segundo a polícia, o homem já tem passagens pela polícia e, desde 2014, era considerado foragido por roubo.

Leia também: Resultado das loterias de hoje (20/09/2020)


Amazonia 03 de Junho