Morre ex-presidente da Academia Mato-grossense Letras

0

 

A professora e ex-presidente da Academia Mato-grossense de Letras (AML) Marília Beatriz Figueiredo Leite, 76, morreu ontem, sexta-feira (03). Ela estava internada há quatro dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular para tratamento da COVID-19 e não resistiu.


-Continua depois da publicidade ©-

O Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro manifestou seu profundo pesar pelo falecimento.

“Foi com muito pesar que recebi a notícia do falecimento da imortal da AML, professora Marília Beatriz Figueiredo Leite. Cuiabá perde uma grande referência da Cultura, da Arte e da Ciência. Que Deus a receba e conforte os familiares e amigos”, declarou o prefeito de Cuiabá.

Marília Beatriz foi uma das fundadoras da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), da qual era professora aposentada. Era membro da Academia Literária Internacional e da Academia Mato-grossense de Letras desde 2015, instituição que chegou a presidir, ocupando a cadeira número 2, a mesma que seu pai, o desembargador Gervásio Leite, ocupou entre 1974 e 1981. Formada em Direito pela Universidade do Estado da Guanabara (UERJ) e mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo. Advogou no Rio de Janeiro e em Mato Grosso. Desenvolveu trabalhos como escritora, poeta e teatróloga.

Morre pastor líder de igreja evangélica em Cuiabá

Leia também: Resultado das loterias de hoje (22/09/2020)


Amazonia 03 de Junho