20.7 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 02 agosto, 2021
InícioMATO GROSSOMoradora do Rio Grande do Norte engana mato-grossense e causa prejuízo de...

Moradora do Rio Grande do Norte engana mato-grossense e causa prejuízo de R$ 100 mil

Por REDAÇÃO

Uma mulher de 30 anos foi presa nesta quarta-feira (07) em Mossoró, no interior do Rio Grande do Norte, por estelionato amoroso praticado pela internet contra uma vítima de Mato Grosso. A prisão foi representada à Justiça pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres após a investigação para apurar o estelionato cometido ao longo de um ano, que causou um prejuízo de R$ 100 mil à vítima.

A prisão foi efetuada por uma equipe da DEDM de Cáceres com apoio da Delegacia de Atendimento à Mulher de Mossoró.

De acordo com a delegada Judá Maali Marcondes, a vítima, de 32 anos, conheceu a suspeita pela internet e se envolveram afetivamente. As duas não se conheciam pessoalmente, mas a suspeita, após conquistar a vítima, passou a inventar diversos problemas de saúde e pedia dinheiro constantemente

“Quando a vítima começou a recusar a ajuda, a suspeita a ameaçou de morte e também a seus familiares”, explicou a delegada Judá Maali, acrescentando que além de aplicar o golpe, a suspeita também criou uma série de situações envolvendo seus familiares, inclusive, a ponto de simular a própria morte para tirar dinheiro da vítima.

A investigação apurou que os golpes foram praticados a partir de fevereiro do ano passado e nesse período, a suspeita praticou violência psicológica e com o crime, conhecido como ‘golpe do amor’ causou um prejuízo à vítima de aproximadamente R$ 100 mil, comprovados por meio de depósitos bancários.

Diante dos fatos apurados, a delegada de Cáceres representou pela prisão preventiva da suspeita e solicitou apoio da Delegacia da Mulher de Mossoró. Uma equipe de investigação da DEDM de Cáceres, composta pelas investigadoras Martinha Mariana e Renata da Silva, seguiu até Mossoró e com apoio da Delegacia da Mulher local efetuaram a prisão preventiva da investigada.

Após a prisão, a investigada foi interrogada na DEAM de Mossoró pela delegada Cristiane Magalhães e encaminhada, posteriormente, ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da Justiça.

Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.
- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde adere campanha “Agosto Dourado” em incentivo ao aleitamento materno
agosto 01, 2021
33 anos
Prefeitura anuncia ações voltadas para o aniversário de Lucas do Rio Verde
agosto 01, 2021