Mato Grosso registra 50.974 negociações na faixa 1 do programa Desenrola

Fonte: CENÁRIOMT

Mato Grosso registra 50.974 negociações na faixa 1 do programa Desenrola
Mato Grosso registra 50.974 negociações na faixa 1 do programa Desenrola

Em um esforço para combater a inadimplência exacerbada pela pandemia de Covid-19, Mato Grosso contabilizou 50.974 negociações na Faixa 1 do Desenrola, programa lançado pelo Governo Federal em julho de 2023. O Estado ocupa a 14ª posição em número de contratos negociados entre todas as unidades da federação.

A Faixa 1, que teve início em outubro de 2023, é destinada a pessoas com renda de até dois salários mínimos ou inscritas no CadÚnico. Em Mato Grosso, as negociações envolveram um valor original de R$ 251,2 milhões em dívidas, beneficiando 45.128 pessoas. O processo resultou em 92.989 contratos revistos. Após as negociações, o total das dívidas caiu para R$ 46,9 milhões, dos quais R$ 8,4 milhões foram pagos à vista e o restante (R$ 38,4 milhões) foi acordado de forma parcelada.

Considerando apenas as operações realizadas pelo site oficial do Desenrola (desenrola.gov.br), o programa beneficiou 15 milhões de pessoas em todo o país, negociando um total de R$ 53 bilhões em dívidas e reduzindo significativamente a inadimplência entre a população mais vulnerável. A Faixa 1 teve adesão de cinco milhões de pessoas, resultando na negociação de mais de R$ 25 bilhões em débitos.

Os estados com maior número de beneficiados na Faixa 1 foram São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. São Paulo liderou com 705.890 acordos firmados, envolvendo um valor original de R$ 3,75 bilhões em dívidas, que foi reduzido para R$ 500 milhões após os descontos de até 90%. O estado registrou 623.705 CPFs e 1,4 milhão de contratos revistos. Rio de Janeiro e Minas Gerais seguiram com 320.660 e 237.703 negociações, respectivamente.

O programa alcançou 99,9% dos municípios brasileiros, com renegociações em 5.567 dos 5.570 municípios. São Paulo foi a cidade com maior quantidade de negociações na Faixa 1, com 229 mil acordos e 446.221 contratos renegociados, totalizando R$ 163,57 milhões. Rio de Janeiro, Manaus e Brasília também se destacaram em volume de contratos e valores renegociados.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O Desenrola foi encerrado em 20 de maio, mas seu impacto positivo é inegável. Mato Grosso e outras regiões do país experimentaram uma redução significativa na inadimplência, proporcionando um alívio econômico crucial para milhares de famílias e indivíduos afetados pela crise financeira desencadeada pela pandemia.