27.7 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 13 junho, 2021
InícioCENÁRIO AGRO"Mato Grosso não vai só exportar estratégia, mas também solução para o...

“Mato Grosso não vai só exportar estratégia, mas também solução para o enfrentamento aos incêndios”, destaca secretária de Meio Ambiente

A produção dos acessórios foi feita em parceria entre os setores público e privado, e comunidades
Por CenárioMT

A iniciativa de produção própria de abafadores, sem custo ao Estado e com materiais reutilizados, é inédita e servirá de exemplo, principalmente aos estados da Amazônia Legal que compartilham os mesmos desafios com relação ao controle dos incêndios florestais, afirma a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti.

“A entrega dos abafadores não só é uma ação estratégica, como inovadora. Estamos falando de um insumo para o combate aos incêndios fabricado com recursos reaproveitados. Mato Grosso não vai só exportar estratégia, mas também solução para o enfrentamento aos incêndios”, avalia.

A iniciativa mostra ainda a união de esforços entre os setores para oferecer todo o suporte para que os incêndios que ocorreram no ano passado não alcancem as mesmas proporções. A madeira utilizada nos cabos dos primeiros 200 abafadores fabricados é de apreensão de infratores, já para os outros mil acessórios, a doação veio do Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso. A lona é reaproveitada de esteiras de borracha, e a mão de obra de reeducandos.

“Os desafios para o combate aos incêndios são os mesmos de outros estados da Amazônia Legal, mas nenhum outro tem uma estrutura de resposta, a cooperação e a união de esforços que Mato Grosso tem.  As estruturas de segurança pública e de meio ambiente trabalham juntas, as nossas ações são cooperadas, e os nossos recursos são divididos para dar a melhor resposta ao cidadão”, conta.

A entrega dos abafadores começou nesta quarta-feira (9.06) com um primeiro lote de 200 unidades para moradores de Poconé, uma das regiões mais atingidas pelos incêndios no ano passado.

Serão fabricados e distribuídos 1200 abafadores, em uma parceria entre o Corpo de Bombeiros Militar (CBM) por meio do Batalhão de Emergências Ambientais (BEA), Secretarias de Segurança Pública, e de Meio Ambiente, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), e o Cipem.

As 1200 pessoas que receberão os abafadores são parte de comunidades tradicionais, indígenas, pantaneiros, e de áreas rurais em geral, que fizeram o curso de instrução do Corpo de Bombeiros Militar de MT, desde o início do ano. Está em andamento o curso de noções básicas para brigadistas rurais, oferecido pela Sema-MT, com instrução do Corpo de Bombeiros.

Prevenção e combate aos incêndios 

O Estado está investindo R$73 milhões no combate ao desmatamento ilegal e incêndios florestais, sendo R$43 milhões exclusivamente no combate ao fogo, e está executando uma operação de prevenção com capacitação de brigadistas e sociedade, investimento em aceiros preventivos, aquisição de veículos, contratação de brigadistas, e equipamentos de proteção individual.

Está em aquisição um helicóptero exclusivo para o combate aos crimes ambientais, no valor de R$21 milhões. Os bombeiros já inauguraram uma nova sede em Poconé, e irá atuar com ao menos 43 instrumentos de resposta montados em cidades estratégicas para o monitoramento e combate aos focos de calor.

 


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

IMUNIZAÇÃO
Lucas do Rio Verde imuniza 750 pessoas em Dia de Campanha contra a Covid-19
junho 13, 2021
Lucas do Rio Verde
Estrutura esportiva de Lucas do Rio Verde é destaque durante competição de futsal
junho 12, 2021