25.9 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 29 novembro, 2020
Início MATO GROSSO Mato Grosso está entre os sete estados com mais mortes em quedas...

Mato Grosso está entre os sete estados com mais mortes em quedas por raios

Por CENÁRIOMT

Um levantamento feito pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostrou que Mato Grosso está entre os sete estados com mais mortes ocasionadas por raios no país.

De acordo com informações da Energisa Mato Grosso, nos 141 municípios do Estado, a distribuidora registrou aproximadamente 6,7 milhões de raios em 2019.

Um aumento de 141% no número de casos comparado com 2018 que teve cerca de 2,7 milhões. A tendência é de o número ser maior em 2020.

Neste ano, houve o registro de pelo menos quatro pessoas que foram atingidas por descargas em Mato Grosso. Dois deles acabaram morrendo.

PREVENÇÃO – RAIOS

A falta de pára-raios em épocas de temporais pode representar sérios prejuízos, pois a descarga elétrica de um raio sobre uma antena (televisão, rádio) ou sobre um poste de energia elétrica causa a queima de equipamentos domésticos (eletrodomésticos, computadores, etc).

O raio representa também graves riscos para as pessoas, principalmente aquelas surpreendidas debaixo de árvores ou em áreas descampadas, ou ainda, que estejam trabalhando próximo a estruturas metálicas. Por ano, quase mil pessoas são vítimas de raios em todo o país – não há uma estatística precisa. A maioria sobrevive, porque são atingidas indiretamente, por uma faísca lateral ou porque estão próximas ou encostadas no ponto que sofreu o choque direto.

O raio é uma descarga elétrica que ocorre entre a nuvem carregada de eletricidade e a terra, mais precisamente entre a nuvem e o ponto mais próximo que esteja na terra (normalmente pára-raios existentes nos edifícios). Na ausência do pára-raios a descarga poderá ocorrer sobre árvores isoladas, postes, mourões de cerca, etc, principalmente nas áreas rurais.

Uma descarga elétrica dessa natureza possui uma potência média de 15.000 ampéres. Para se ter uma idéia, um chuveiro apresenta potência de 30 ampéres e quem já tomou um choque sabe o quanto perigoso pode ser.

Como se prevenir de raios

  • Durante as tempestades fique em casa.
  • Saia somente se for absolutamente necessário.
  • Não retire nem coloque roupa em estendedores (varais) de arame durante a tempestade.
  • Mantenha-se afastado e não trabalhe em cercas, alambrados, linha telefônicas ou elétricas e estruturas metálicas.
  • Não manipule materiais inflamáveis em recipientes abertos.
  • Não operar tratores ou máquinas, especialmente, para rebocar equipamentos metálicos.
  • Se você estiver viajando permaneça dentro do automóvel; os automóveis oferecem uma excelente proteção contra raios.
  • Busque refúgio no interior de edifícios.
  • Mantenha-se longe de árvores isoladas.
  • Não permaneça dentro d’água durante as tempestades.
  • Em casa, permaneça longe de portas e janelas.
  • Evite áreas altas, busque refúgio em lugares baixos.
  • Durante uma tempestade, não utilize aparelhos eletrodomésticos, mantenha-os desligados das tomadas e, também, desconecte da antena externa o televisor, assim você estará reduzindo danos.
  • Use o telefone somente em uma emergência, os raios podem alcançar a linha telefônica aérea.
  • Ao sentir carga elétrica em seu corpo (caracterizada por eriçamento do cabelo e formigamento da pele) jogue-se ao chão.
  • Preste atenção à previsão do tempo para o princípio e fim da tarde, quando ocorre a maioria das trovoadas. Tenha um plano de fuga para qualquer atividade ao ar livre e afaste-se dos cumes das montanhas antes do meio-dia. Se tiver de fazer uma longa travessia de barco, tenha especial atenção. As canoas são um dos lugares mais expostos que existem.
  • Com mau tempo, evite árvores altas, picos desprotegidos, campos abertos e ou mesmo praias e piscinas.
  • Na floresta, procure um conjunto de árvores de altura regular e numa zona baixa, mas longe d’água. Afaste-se de troncos e raízes.
  • Se for apanhado em céu aberto, evite árvores isoladas, Faça do corpo uma “bola com pés”, acocorando-se com eles o mais junto possível. Não toque com as mãos no chão.
  • Para minimizar o número de pessoas afetadas por um raio, não se junte em grupo. A corrente elétrica pode passar de uma pessoa para outra sem que elas se toquem. Afaste-se de objetos metálicos, especialmente armações de tendas e barracas ou cercas de arame, uma vez que se trata de bons condutores.
  • Quando acampar, monte sua barraca longe de lugares com maior probabilidade de queda de um raio, tais como, árvores altas e isoladas.
  • Aprenda a fazer reanimação cardiopulmonar. Cerca de 20% das vítimas morrem, mas muitas vezes podem ser salvas se tratadas de imediato.
  • Certifique-se de que a tempestade passou completamente antes de prosseguir seu caminho. Muita gente morre antes do clímax de uma tempestade por se aventurar cedo demais.

VEJA TAMBÉM



Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas

Emanuel é reeleito prefeito de Cuiabá

Emanuel Pinheiro (MDB) foi reeleito neste domingo (29) com 51,1% dos votos válidos. O resultado foi divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ele comandará, novamente,...

Mato Grosso registra 7 óbitos e 103 casos em 24h por Covid-19

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (29.11), 158.417 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados...

Começa apuração do segundo turno; acompanhe em tempo real

A votação do segundo turno das eleições municipais foi encerrada às 17h (horário de Brasília) na maior parte do país. Os eleitores que estão...

‘Pedi força a Deus quando vi que era ela’, diz PM que encontrou a filha morta em ocorrência de acidente

O sargento da Polícia Militar Severino Góis, de 54 anos de idade, passou neste sábado (28) pelo que ele chamou de "pior experiência da...
Publicidade
x