26.3 C
Lucas do Rio Verde
terça-feira, 24 novembro, 2020
Início MATO GROSSO Mato Grosso e Israel estreitam relações comerciais

Mato Grosso e Israel estreitam relações comerciais

Por CenárioMT/FIEMT

“Vamos incrementar as relações comerciais entre Brasil e Israel e fazer negócios. Tenho certeza que Mato Grosso tem muito a crescer com esse intercâmbio comercial”, afirmou o presidente da Câmara Brasil-Israel de Comércio e Indústria, Regional BRIL Chamber em Mato Grosso, Alexandre Furlan, empossado nesta terça-feira (10).

Como parte das suas primeiras ações, Furlan pretende trazer a Mato Grosso o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, além de organizar uma missão de empresários mato-grossenses ao país, considerado o celeiro mundial de inovação. “Também vamos criar uma agenda para analisar em quais setores há sinergia comercial com Israel”.

Hoje, o estado já exporta carne, madeira e arroz, mas segundo Furlan, existe um vasto campo para Mato Grosso aumentar ainda mais as exportações e se desenvolver com toda a tecnologia e inovação que Israel oferece.

A cerimônia de posse foi realizada na sede da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), com participação do presidente Gustavo de Oliveira, empresários e diretores da instituição, do embaixador Yossi Shelley e do presidente da BRIL Chamber, Renato Ochman. O evento contou ainda com depoimento, em vídeo, do governador Mauro Mendes.

Segundo Renato Ochman, a Câmara Brasil-Israel de Comércio e Indústria é uma entidade que, há 60 anos, incentiva e fomenta negócios entre os dois países e, agora, está descentralizando suas atividades e atuações, com a instalação das regionais por todo país.

“O objetivo é levar a tecnologia de Israel às necessidades de cada estado, oferecendo soluções em telemedicina, segurança e sustentabilidade, além de ajudar o empreendedor brasileiro em Israel com apoio jurídico, contábil, acesso a faculdade e fundos globais, dentre outros”.

Já o embaixador Yossi Shelley falou sobre a importância das empresas e dos negócios para o desenvolvimento de uma nação. “Acredito muito no setor privado e essa parceria vai ajudar o PIB brasileiro a crescer ainda mais. Vamos usar todo o conhecimento de Israel em tecnologia para sair na frente”.

Segundo o presidente da Fiemt, Gustavo de Oliveira, que conduziu toda a reunião, o Brasil pode e deve ser um grande parceiro de Israel. “Sempre há um desenvolvimento mais pleno quando existe a união entre vários setores da sociedade civil, como empresas, universidades, entidades representativas. E a Fiemt tem feito isso ao aproximar setores, como indústria ao agronegócio”.

Ainda durante o evento, o vice-presidente da Fiemt, Silvio Rangel, apresentou algumas oportunidades de negócio entre Mato Grosso e Israel. “Há possibilidade de futuros investimentos em energia, mineração, biomassa, alimentos e infraestrutura, além disso teremos muitos ganhos em inovação tecnológica”, finalizou.



- Publicidade -

Últimas

Dia 30 de novembro é o prazo final para regularização cadastral dos servidores da ALMT

Servidores da ALMT têm até o dia 30 deste mês para confirmar as informações ou fazer as alterações no cadastro funcional. O procedimento é obrigatório...

Sorriso registrou mais uma vítima de Covid-19

É com profundo pesar que a Prefeitura Municipal de Sorriso confirma o registro de mais um óbito causado pela Covid- 19. Trata-se de um...

Secretaria de saúde de Sorriso intensifica as ações da saúde do homem com atendimento noturno

Durante todo ano é disponibilizada,  através da  Secretaria de Saúde e Saneamento  a assistência à saúde do homem,  no mês de novembro as ações...

Mais de 250 vagas de emprego para esta terça-feira(24) em Lucas do Rio Verde; confira

Vagas de emprego em Lucas do Rio Verde – O Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Lucas do Rio Verde oferta 251 novas vagas...
Publicidade
x