32.6 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 16 junho, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICOGOV-MTMato Grosso destinará 20% das primeiras doses aos trabalhadores da Educação

Mato Grosso destinará 20% das primeiras doses aos trabalhadores da Educação

Definição ocorreu após o anúncio de ampliação do Plano Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde
Por CenárioMT

A Comissão Intergestores Bipartite (CIB-MT) aprovou, nesta sexta-feira (28.05), a Resolução nº 53, que define o quantitativo destinado para a imunização contra a Covid-19 dos trabalhadores da Educação em Mato Grosso. O documento determina que, a partir da próxima remessa, 20% do total de primeiras doses recebidas será redirecionado para o público da Educação.

A definição ocorreu após o anúncio de ampliação do Plano Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde. O documento também pactua que as doses serão redirecionadas para este grupo prioritário até completar o total de doses necessárias.

“Os profissionais da Educação prestam um serviço essencial à sociedade e por isso pedimos prioridade a eles na vacinação. Essa imunização vai garantir segurança quando houver o retorno das atividades educacionais de forma híbrida e presencial”, afirmou o governador Mauro Mendes.

A Resolução n° 53 estabelece que caberá à Secretaria de Estado de Educação (Seduc) a articulação e comunicação aos municípios junto às Secretarias Municipais de Educação, quanto à identificação e ao quantitativo de profissionais a serem vacinados por município.

“O Estado de Mato Grosso trabalhou para viabilizar a antecipação da imunização desta categoria e é com enorme felicidade que iniciaremos a vacinação dos colegas trabalhadores da educação. Precisamos proteger trabalhadores e alunos porque a educação é tudo, é o nosso futuro”, declarou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

As doses destinadas aos trabalhadores da Educação deverão ser utilizadas conforme orientações da área técnica, para aqueles que estão em atividade, e na seguinte ordem prioritária: trabalhadores de creches; de pré-escolas; do ensino fundamental; do ensino médio; profissionalizante; do EJA e do ensino superior.

Isto é, devem ser priorizados os trabalhadores envolvidos na educação dos indivíduos mais jovens.

“É uma conquista muito grande para o Estado e, principalmente, para os trabalhadores da Educação. Sabemos que muitos municípios possibilitarão o retorno às aulas nas próximas semanas e nada mais justo do que iniciar a vacinação desses trabalhadores o quanto antes”, avaliou o presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems-MT), Marco Antônio Norberto Felipe.

Os municípios que já tiverem alcançado a completa vacinação dos trabalhadores da Educação deverão promover a vacinação dos demais públicos estipulados pelo Plano Nacional de Imunização (PNI).


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

INVESTIGAÇÃO
Jovem pode ter sido executado por facção criminosa em Lucas do Rio Verde
junho 16, 2021
DADOS ATUALIZADOS
Lucas do Rio Verde registra 72 novos casos positivos de Covid-19 em 24 horas
junho 16, 2021