32.8 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 29 novembro, 2020
Início MATO GROSSO Mais MT vai reforçar investimentos em infraestrutura turística em Mato Grosso

Mais MT vai reforçar investimentos em infraestrutura turística em Mato Grosso

O projeto prevê ainda a construção de seis orlas turísticas e investimentos para melhoria de pontos turísticos como o Véu de Noiva e Portão do Inferno, em Chapada dos Guimarães
Por CenárioMT

Um dos eixos do programa Mais MT, o Turismo de Mato Grosso, terá adequações e investimentos em infraestrutura no valor total de R$ 339,2 milhões. O objetivo é facilitar o acesso e atrair mais turistas para o Estado e de dentro do Estado. Uma das novidades será o turismo étnico (turismo indígena).

O Pantanal mato-grossense, que recentemente vem se recuperando dos danos ambientais e econômicos causados pelos incêndios florestais, contará com ações específicas realizadas por meio do programa Pantanal-Tur, para auxiliar na divulgação do turismo de pesca esportiva e ecoturismo (observação de onças, de pássaros e trilhas). São R$ 46,7 milhões de investimentos para o Pantanal. A iniciativa contará com rodadas de negócios, fortalecimento da atividade pecuária e hotelaria.

Em Chapada dos Guimarães, haverá inicialmente investimentos em locais como o Portão do Inferno e Véu de Noiva. Além deles, também contarão com obras e ações municípios da Baixada Cuiabana. No total, serão investidos R$ 67,5 milhões.

O ecoturismo indígena está previsto em aldeias localizadas em Campo Novo do Parecis, Sapezal, Barra do Bugres, Canarana, Tangará da Serra e compreende a visitação, acompanhamento da rotina dos povos indígenas, danças e apresentações culturais.

“No Araguaia, por exemplo, há muito o que ser explorado na questão do turismo. Além de ser um lugar bonito, essa atividade contribuirá para o fortalecimento econômico na região, mas para isso, vamos trabalhar formas de melhorar o acesso terrestre e investir em pontos de conexão de internet”, explicou o secretário adjunto de Turismo, Jefferson Moreno.

Os investimentos na melhoria da infraestrutura turística alcançam o montante de R$ 120 milhões. São previstas ações para conectividade em pontos de acesso à internet em áreas turísticas de todo o Estado, melhoria dos acessos aos pontos turísticos e da infraestrutura local.

O Governo prevê ainda construção de seis orlas turísticas, nos municípios de Barão de Melgaço, Santo Antônio de Leverger e Cáceres e em outros três locais a serem definidos, no valor de R$ 55 milhões; e outros R$ 50 milhões para financiamento de projetos em parceria com a Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso (Desenvolve MT).

O programa Mais MT vai executar investimentos na ordem de R$ 9,5 bilhões até 2022. Os 12 eixos estruturantes são Segurança, Saúde, Educação, Social e Habitação, Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda, Infraestrutura, Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, Simplifica MT, Eficiência Pública, Meio Ambiente, Agricultura Familiar e Regularização Fundiária.



© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas

Acidente grave interrompe GP do Bahrein de Fórmula 1

Um grave acidente envolvendo o piloto francês Romain Grosjean, da Haas e o russo Daniil Kvyat, da AplhaTauri interrompeu o GP do Bahrein de Fórmula...

Equipe do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso vence competição de natação

A equipe de atletas militares do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso (CBM-MT) venceu a prova de natação da Maratona Aquática de nado livre...

Governo será cada vez mais rigoroso com os infratores ambientais

Ser eficiente para permitir que o cidadão trabalhe na legalidade, atuar fortemente no combate às infrações ambientais e facilitar o acesso do cidadão ao...

Mato Grosso tem sete dos municípios com maior dinamismo no mercado de trabalho do país

Mato Grosso tem sete municípios na lista dos 100 com maior dinamismo no mercado de trabalho do país. O levantamento foi realizado pela Confederação...
Publicidade
x