Mais de 50 mil crianças e adolescentes estão em situação de trabalho infantil em Mato Grosso

Fonte: CENÁRIOMT

Mais de 50 mil crianças e adolescentes estão em situação de trabalho infantil em Mato Grosso
Mais de 50 mil crianças e adolescentes estão em situação de trabalho infantil em Mato Grosso

Um estudo alarmante divulgado pelo Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) acende as luzes vermelhas sobre o crescente número de crianças e adolescentes envolvidos em trabalho infantil no estado. Segundo a pesquisa, mais de 50 mil menores, entre 5 e 17 anos, estão em situação de trabalho irregular, representando um índice preocupante de 7,2% da população total dessa faixa etária em Mato Grosso.

Os dados, provenientes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Anual (PnadC) realizada em 2022 e apresentados em junho deste ano, revelam um aumento significativo em relação a 2019, quando 43.683 menores se encontravam em situação similar, o que correspondia a 6,5% da população na época.

O cenário nacional também não é animador. O número de crianças e adolescentes em trabalho infantil no Brasil chega a 1.881.049, representando 4,9% da população total de menores no país. Essa realidade exige medidas urgentes e eficazes para combater essa prática nociva que viola os direitos básicos das crianças e adolescentes.

Mato Grosso: Áreas de Maior Incidência

A pesquisa do MPT-MT também detalha as áreas de maior incidência do trabalho infantil em Mato Grosso. Em 2019, os setores que mais exploravam mão de obra infantil no estado eram:

  • Criação de bovinos: 6.760 menores (14,4%)
  • Serviços domésticos: 3.614 menores (7,7%)
  • Restaurantes e serviços de alimentação: 3.071 menores (6,5%)

Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso. Já trabalhou em Rádio Jornal (site e redação).