30.1 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 25 janeiro, 2021
Início MATO GROSSO LUCAS DO RIO VERDE Suspeita de encomendar morte de Hailton tem prisão preventiva substituida para domiciliar

Suspeita de encomendar morte de Hailton tem prisão preventiva substituida para domiciliar

A prisão domiciliar poderá ser mantida até o julgamento da sentença, havendo a possibilidade de a suspeita ir a Júri Popular.
Por Cenário MT

A principal suspeita de encomendar a morte de Hailton Cordovil Amador passou a responder pelo crime em prisão domiciliar. A investigada é ex-mulher da vítima, que foi morta com cinco tiros na última sexta-feira (08) no Ecoponto em Lucas do Rio Verde-MT.

A decisão da substituição da prisão preventiva por domiciliar, de acordo com o delegado Eugênio Rudy, responsável pelo inquérito que apura o crime, foi expedida pela 4ª Vara Criminal da Comarca, levando em consideração que a suspeita é mãe de criança menor de 12 anos, seguindo orientação da decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) em conceder Habeas Corpus a pais e responsáveis por crianças e pessoas com deficiência.

A redação do artigo 318 do CPP estabelece a substituição da prisão preventiva por prisão domiciliar quando o contexto familiar do investigado ou réu demonstra a sua importância para a criação, o suporte, o cuidado e o desenvolvimento de criança ou pessoa com deficiência.

A prisão domiciliar poderá ser mantida até o julgamento da sentença, havendo a possibilidade de a suspeita ir a Júri Popular.

Nesse período em que estiver cumprindo a prisão domiciliar, a investigada será monitorada por tornozeleira eletrônica e não poderá sair de casa.

A mulher foi presa ainda na sexta-feira, dia do ocorrido, e durante depoimento ao delegado Eugênio Rudy, negou que tenha participação no crime de homicídio que tirou a vida de Hailton Cordovil Amador, 30 anos, que era funcionário da prefeitura de Lucas do Rio Verde e estava lotado no Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) como motorista de caminhão.

FOTO: arquivo pessoal

Hailton deixou duas filhas, sendo uma de 10 e outra de 06 anos.

No mesmo dia do crime, o autor dos disparos, um jovem de 19 anos foi preso e um menor apreendido. Ambos, de acordo com os Autos, com participação direta no homicídio.



- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

Covid-19
Boletim Coronavírus de Lucas do Rio Verde [2021 atualizado]
janeiro 25, 2021
Vagas de emprego
Sine Lucas do Rio Verde oferece 223 vagas de emprego nesta segunda-feira (25); confira a lista
janeiro 25, 2021