31.9 C
Lucas do Rio Verde
terça-feira, 28 setembro, 2021
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDERegularização fundiária é tema de reunião entre Prefeitura e Itambiquara

Regularização fundiária é tema de reunião entre Prefeitura e Itambiquara

A aproximação da comunidade é constante e deve auxiliar no processo de reurbanização
Por Redação CenárioMT com Assessoria

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde realizou uma reunião com a comunidade da Agrovila de Itambiquara, na última semana. O objetivo foi ouvir a população e também esclarecer as dúvidas referentes à Regularização Fundiária Urbana (Reurb).

O processo de regularização é instituído pela Lei Federal nº 13.465/2017, por meio de um conjunto de medidas jurídicas, urbanísticas, ambientais e sociais, que buscam assegurar a incorporação dos núcleos urbanos informais ao restante do ordenamento territorial urbano.

O loteamento de Itambiquara foi criado em 2008, por meio da Lei Municipal nº 1.569, e hoje possui área total de mais de 460 mil m², sendo 553 lotes urbanos.

Em 2014, a Prefeitura lançou concorrência pública para titular os proprietários. Mas, dos 96 imóveis alienados, ainda restam 14 sem titulação, o que caracteriza situação de irregularidade.

A presidente da comunidade, Fraguene Graciane Rodrigues de Paula, avalia como positiva a integração entre Gestão e comunidade.

“A vinda da equipe de Planejamento até nós demonstra que nossa comunidade está tendo a atenção devida por parte da Prefeitura. E isso é muito gratificante, pois hoje, depois de muitos anos, nós sabemos que podemos contar com a Prefeitura e isso não só no planejamento urbano, mas com todas as secretarias.”

Atualmente, em Lucas do Rio Verde, a reurbanização é dividida em duas modalidades: Regularização Fundiária de Interesse Social (Reurb-S) e Regularização Fundiária de Interesse Específico (Reurb-E).

De acordo com a Lei Federal nº 13.465, as classes sociais mais baixas (com ganhos de até 4 salários-mínimos), que se encaixam no Reurb-S, têm direito ao processo de forma totalmente gratuita, no quesito infraestrutural. Já na segunda modalidade, aqueles que ganham acima de 4 salários-mínimos, ficam responsáveis pelo pagamento integral de custeios de infraestrutura.

 

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,351FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,041SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Regularização de débitos para MEI termina nesta quinta-feira, dia 30 em Lucas do Rio Verde
setembro 28, 2021
Lucas do Rio Verde
Programa Mais MT Muxirum motiva adultos a ler e escrever em Lucas do Rio Verde
setembro 28, 2021
Lucas do Rio Verde
Vida Nova II: Prazo para realização de denúncias termina na próxima quinta-feira (30)
setembro 28, 2021
Lucas do Rio Verde
Quase 70% das empresas abertas em Lucas do Rio Verde esse ano são MEIs, aponta CAE
setembro 28, 2021